DEPRESSÃO EM ANIMAIS

Pesquisa revela que animais também podem sofrer de depressão

.
Segundo uma pesquisa da Universidade de Bristol, os animais, assim como os humanos, também podem sofrer de depressão.

Os cientistas do centro acadêmico desenvolveram uma “nova aproximação à forma do estado emocional dos animais”. Estudando o comportamento dos ratos em condições de vida padrão observaram perdas e aos ganhos como resposta.

A pesquisa mostrou, portanto, que os ratos abrigados em circunstâncias padrão mostraram uma resposta emocional mais forte à perda de alimento (escassez) do que aqueles abrigados em condições de fartura.

Confirmaram ainda, que animais podem ficar deprimidos e precisarem de “tratamento”, como os seres humanos. A pesquisa foi publicada no Jornal “Royal Society Biology Letters”, e de acordo com a Escola Veterinária da Universidade, os resultados publicados podiam indicar um estado emocional negativo nos animais dependendo da situação. 

A conclusão é baseada nos métodos usados no estudo da psicologia humana. Os povos são mais sensíveis às perdas dos bens do que ganhos, mas os povos deprimidos são particularmente sensíveis a estas perdas, segundo estudo. A equipe encontrou ratos abrigados em circunstâncias padrão, que demonstravam bem-estar mais vulnerável do que aqueles abrigados em circunstâncias “enriquecidas”, eram, pois, mais sensíveis à perda repentina de seu alimento.

Oliver Burman, Richard Parker, Liz Paul e Mike Mendl, do Centro de Biologia da Universidade de Bristol, disseram que a pesquisa era um indicador novo significativo da emoção e do bem-estar animais.

O professor Mendl afirmou que: “O estudo da emoção animal é um campo emergente importante nos assuntos que variam da neurociência à pesquisa da proteção animal”. E acrescentou que enquanto não se tem dados sobre o que sentem outros animais, pelo menos estes primeiros esses dados podem fornecer métodos melhorados para medir, mesmo que indiretamente, as emoções dos animais e sua saúde como um todo.

O que é depressão canina?
 
Uma das áreas mais complexas da medicina comportamental trata das questões relacionadas a medo, fobias, ansiedade e desordens obsessivo-compulsivas, que não raro acometem os cães. Embora possam estar relacionados, esses distúrbios diferem entre si em termos neurofisiológicos, o que dificulta o seu diagnóstico clínico. A depressão, ou estado depressivo, pode estar relacionada à ansiedade e acontece quando o animal é exposto a situações de estresse, em caráter crônico ou de forma traumática, passando a manifestar sinais de inabilidade em executar suas funções biológicas, apatia, inapetência e isolamento social.

O que pode causar depressão nos cães?

Não entendemos claramente a maneira como uma causa desencadeia um problema, podemos apenas avaliar a forma como as interações se manifestam externamente. Embora haja uma considerável variação quanto à vulnerabilidade ao estresse, sabemos que os animais podem apresentar seqüências genéticas que os predispõem a alterações de humor relacionadas ao estresse. Entre as causas mais comuns do estresse nos cães estão as mudanças súbitas de rotina, perdas afetivas por morte ou ausência de um membro do grupo, introdução de novo membro ao grupo [isso inclui outros animais ou pessoas estranhas], perda de liberdade, experiências traumáticas vividas na infância, solidão e/ou abandono.

Quais são as raças mais propensas? Por que?

Qualquer cão de qualquer raça pode manifestar sintomas de depressão. Mas parece haver uma maior predisposição a esse quadro em raças selecionadas para companhia. Isso acontece porque esses cães invariavelmente têm grande dependência emocional do dono, pouca autonomia, vivem em ambiente inadequado, que não atende ás suas necessidades básicas, nem garante sua qualidade de vida. No entanto, há uma maior variação entre animais da mesma raça do que entre raças diferentes, no que diz respeito à vulnerabilidade ao estresse. Cada animal é único e deve ser encarado como um indivíduo dotado de características próprias.

O que muda no comportamento de um cão depressivo?

São sinais indicativos de depressão, ou estado depressivo, a inabilidade em executar funções biológicas, a falta de apetite, a apatia e o isolamento social. O cão interage pouco e não demonstra interesse por atividades que antes eram estimulantes para ele, como os passeios ou brincadeiras, e busca cantos da casa para se isolar.

 Quais são os sintomas que demonstram que um cão está com depressão?

Apatia,falta de apetite,tristeza,baixa interatividade e resposta a estímulos, isolamento e intolerância ao toque físico. Esses sintomas diferem em intensidade e podem surgir de forma lenta e gradual. Cabe ao proprietário perceber as sutis mudanças de comportamento do animal e buscar ajuda antes que o problema se agrave.

Quando um animal está doente ele está propenso a ter depressão? Por que?

Sim. Um cão doente pode passar por um período depressivo, o que não significa que esse quadro será permanente. Algumas doenças debilitantes ou que provocam desconforto físico podem deixar o cão deprimido, pois afetam seu estado emocional e seu humor. Animais que passam por cirurgias ósseas, ou aqueles que vivem a experiência de um atropelamento, podem ficar deprimidos por causa do estresse gerado nessas situações. A maneira como o cão lida com o estresse depende de sua constituição neurológica e emocional, das suas características de personalidade e do ambiente onde ele vive.

Quais as doenças que tem como principal sinal a depressão?

Posso citar algumas doenças endócrinas, como o Hipotireoidismo, onde o animal apresenta sintomas como apatia, baixa energia vital, temperatura corporal abaixo do normal e alteração da função cardíaca, apresentando arritmias no Eletrocardiograma. Fêmeas também podem desenvolver estados depressivos por questões hormonais. Isso acontece geralmente na época do cio e dura cerca de dois meses. Nesse caso, a depressão é transitória e tende a desaparecer após esse período. Cães idosos também são mais susceptíveis à depressão. Para esses animais, mesmo pequenas mudanças na rotina podem afetar seu estado emocional e seu humor, gerando ansiedade e apatia.

O que devo fazer para que meu cão não fique depressivo se ele fica o dia inteiro só em casa?

É importante esclarecer que a maior parte dos cães consegue lidar bem com a ausência do dono, principalmente se ele foi criado de maneira independente e estimulado a ter autonomia. O problema acontece quando o cão é emocionalmente dependente e seu proprietário estimula mais ainda essa dependência, ao exagerar na atenção quando está em casa. Alguns cães têm dificuldade em se separar do dono, por causa de seu temperamento ou condicionamentos na criação. Esses animais acabam desenvolvendo um problema que nós chamamos de ansiedade de separação, que é diferente de depressão.

Se desde filhote o cão entende as regras do ambiente e percebe que durante algumas horas ele vai ficar só, ele vai se adaptar a isso. Cães equilibrados procuram tirar sonecas ou se distraem roendo ossos de longa duração ou com brinquedos que estimulem sua criatividade. O proprietário deve deixar sempre à disposição do animal opções para ele se distrair enquanto estiver sozinho. Quero lembrar que faz parte da natureza do cão gostar de companhia e pedir atenção. Algumas raças são naturalmente mais independentes e mais tranqüilas, portanto cabe ao dono escolher uma raça que melhor combine com seu estilo de vida. 

Como tratar um cão com depressão?

A depressão deve ser encarada como um processo complexo. Uma vez diagnosticado o problema e definida a sua causa, o tratamento pode incluir medicamentos antidepressivos, além de mudanças no manejo. Remédios homeopatas e Florais de Bach contribuem para o restabelecimento emocional do cão deprimido e podem ser prescritos pelo terapeuta. Melhorar a qualidade de vida do animal e cuidar do seu bem estar é também importante. Essa é a base da terapia comportamental.

Meu cão faz muita bagunça quando estou fora. Este é um sinal de ansiedade e/ou depressão? O que devo fazer?

Para afirmarmos que um cão está sofrendo de ansiedade de separação, é preciso que ele desmonstre alguns comportamentos que só se manifestam na ausência do dono. Esses indicadores são:

- ansiedade e comportamento depressivo quando o dono está se preparando para sair;

- tentar sair junto com o dono no momento em que a porta se abre;

- choramingar e latir sem parar durante o tempo em que o dono está fora;

- urinar e defecar pela casa toda [isso vale só para cães que já são adultos];

- cavoucar ou arranhar a porta e/ou o chão perto da saída;

- roer ou destruir móveis.

E por que o cão faz isso? Ao adotar comportamentos destrutivos o animal procura aliviar sua ansiedade. Punir o cão por causa dessas atitudes não terá efeito algum, pois cães têm memória curta e estudos comprovam que os comportamentos destrutivos ocorrem na primeira meia hora após a partida do dono.

A terapia nesse caso tem como objetivo principal diminuir a ansiedade do cão e deve se basear em alguns princípios:

- redirecionar a ansiedade, como por exemplo, oferecer um brinquedo interativo;

- ignorar o cão por 20 minutos antes de sua partida e depois de chegar em casa;

- alterar seus momentos de partida e as pistas – pegar a chave, a bolsa e seu casaco, quando você NÃO estiver saindo.

- consultar um especialista, que poderá prescrever um medicamento ansiolítico para aliviar a ansiedade do cachorro, além de propor mudanças no manejo e treinamento.

NOTA: Essa entrevista foi concedida pela Dra Rúbia Burnier à Revista Melhor Amigo, em Maio de 2005.

http://www.espacoanimal.com.br/artigos/depressao_caes.html

About these ads

105 comentários sobre “DEPRESSÃO EM ANIMAIS

  1. Olá…
    Tenho um poodle de aproximadamente 6 anos, e toda vez em que ele fica sozinho apronta algo terrível, e eu lendo o seu post sobre Depressão canina percebi que o meu poodle esteja sofrendo deste mal.
    Quais os cuidados necessários para tratar este mal?

    Obrigado!!!

  2. Tenho um lhasa_apso que esta depressivo,ano passado perdi meu marido,que era inseparavel do animalzinho,em setembro me ausentei por vinte dias deixando com uma amiga que cuidou bem mas mesmo com minha volta ele esta sempre enfiado debaixo da cama! saindo para comer voltando imediatamente.Estou muito preocupada!

  3. ola pessoal eu tenho uma maltes femia e ela esta sofrendo de depressao , embora tenha chegado uma nene em casa q hoje ela possui 9 meses , ao cuidar da nene alguns parentes que tinha muita afinidade com ela largou um pouco dela para cuidar da nene , hoje ela fica em um cantinho sozinha e triste eu e minha tia e minha irma estamos dando o melhor carinho q pudermos mais estamos sentido que o comportamento da Cachorra nao esta mudando e nao senti nenhum sinal de estar alegre, por favor Gente me ajude , a veterinária falou que se as pessoas que davam a atençao a ela nao voltar a dar de novo ela pode até morrer. entao por favor eu preciso de ajuda !! agradeço desde já tchau pessoal.

  4. Bom ela sofre desta maneira porque ela quer sentir sua presença com ela, voce deve estar um pouco ocupada e ter deixado de dar AQUELE carinho que voce dava antes a ela entende?
    neste caso, volte a brincar com ela no minimo para deixar ela feliz, para ela sentir que voce nao esta mas ocupada e ter um tempo para brincar com ela…

  5. Oi tenho uma shi tzu de 4 anos,há 10 dias me mudei de uma casa para um apartamento.Na casa ela corria brincava e ficava solta,agora ela fica só dentro ,saio com ela 3 vezes ao dia para passear.Agora ela ta ficando o dia inteiro sem fazer xixi,mesmo eu saindo com ela,ta sempre quieta.Tenho 2 filhos e eles estão sempre por perto fazendo carinho e pra brincar mais nem isso ela se anima.O que faço me ajudem sei que ela ta sentindo muito a mudança

  6. Olá, tenho um poddle de 9 anos e ele vem demostrando um comportamento estranho nos últimos dias. Fiquei 15 dias fora de casa e ele ficou sozinho com um acompanhante para dar água,comida e brincar algumas horas por dia.No dia em que cheguei,ele fez a maior festa mas a partir do outro dia se isola num canto da casa,rosna quando fazemos carinho e não quer brincar.A respiração fica meio ofegante as vezes,come e faz necessidades normalmente. O que poderá ser? estou muito preucupada,aguardo resposta!

  7. estive viajando por 30 dias e minha cadela ficou só ( meu cunhado colocav a comida todos os dias, mas náo ficva na casa) sendo que quando cheguei a encontrei indiferente comigo , magra, sem apetite e vomitando… o que fazer???

  8. Oi Beatriz,

    Procure ajuda de um veterinário, não deixe passar tanto tempo, seu amigo pode estar adoentado e precisando de tratamento.
    []’s
    Carla

  9. Oi Luís,

    Procure ajuda de um veterinário com urgência..
    Se a que você levou não ajudou, tente encontrar em sua cidade um veterinário homeopata, que possa te aconselhar o uso de florais ou alguma outra forma de amenizar este sofrimento.
    [ ]‘s
    Carla

  10. Olá.
    Tenho uma Labrador de 1 ano e meio.
    Ela passa muito tempo sozinha em casa, pois eu trabalho e estudo e meus pais também trabalham até tarde.

    Agora ela está com uma mania estranha de ficar choramingando e esfregando as costas, mais perto do bumbum na parede. Ela está se roçando tanto que os pelos já cairam neste lugar. Mas ela não se coça em nenhuma outra parte do corpo. Isso pode ser apenas para chamar a atenção? Ou corre o risco de ser alguma doença fisica mesmo?

    Desde já agradeço!!

  11. Ola tenho uma pit bull e morro em um apartamento onde ela foi criada durante 1 ano, mas agora vou me mudar e coloquei ela em uma casa de quintal bem grande! Mas não estou lar sempre, entao aparti dai ela não quer comer mais, não faz mas fezes, fica no canto da parede, ta agreciva com as pessoas, mas quando eu chego ela fica melhor! Acho que ela esta sentindo minha falta, isso é um sinal de depressão?

  12. Rhuanna,

    Provavelmente é depressão,leve com urgencia na clinica abaixo que me foi indicada, eles são especializados nestes casos:

    SITE: http://www.animalia.com.br/

    (21)2491-2351
    (21)2492-1885
    (21)2493-3822

    Endereço:

    Estrada da Barra da Tijuca 1636
    Bloco D loja B -Espaço Itanhangá
    Rio de Janeiro

  13. Pitti,
    Ontem perdi uma vira-lata linda e apesar de ter sido internada até hoje ninguém descobriu a causa do problema que a levou à óbito.

    Ela era criada solta por meu irmão, solta mesmo, frequentava o bairro todo e depois voltava para casa apenas para se alimentar e dormir. Por causa dessa liberdade toda ela tomava água da vala e comia porcaria pela rua, além de as vezes aparecer machucada.

    No dia 17/11/2011 eu decidi ficar com ela em casa. Levei-a a um pet para tomar um banho (neste banho ela chorou demais e até se defecou durante).
    Depois do banho, coloquei-a em uma coleira e fui para casa, ela ficou um pouco diferente (mais quieta), porém se alimentou normalmente.
    Durante os dois primeiros dias em casa apenas esteve mais quieta. No terceiro dia ela vomitou e não quis comer, por este motivo levei-a à clínica veterinária.
    Na clínica fez soro e remédio para vômito, que a fez melhorar só um pouco, pois precisei voltar no quarto dia devido à uma fraqueza nas patas traseiras. Ficou internada e fez vários exames (ultrassom, hemograma, teste de cinimose, TGO TGP etc), ambos deram normais, exceto o de fezes que atestou giárdia.
    Teve alta da clínica para tratar com giardisíde em casa. Em casa não consegui alimentá-la e nem ministrar o remédio. Precisou voltar à clínica, onde ficou internada para fazer 5 dias de metronidazol injetável (para a giárdia).
    Teve alta após o tratamento com o metronidazol, mas já estava magrinha e não voltou a se alimentar. Para casa receitaram cobavital e complexo vitamínico, os quais eu consegui fazer junto com sopa batida no liquidificador em uma seringa na boca, que era engolida forçadamente, pois os veterinários disseram que se ela não comesse morreria.
    No dia 07/12/2011, ela, em casa ficou ansiosa para descer a escada e muito fraca gemeu. Corremos com ela para a clínica, ao chegar teve uma parada cardiorrespiratória e morreu.
    Não estou tranquila. Preciso saber qual a causa desse quadro, algumas pessoas me acusaram de ter provocado nela uma depressão. Será que a depressão mataria este animal em 20 dias apenas?
    Como descobrir se ela estava com alguma doença e a clínica não conseguiu diagnosticar.

  14. Boa Tarde
    Estou precisando de ajuda, meu cãozinho de 08 anos ( Poddle) não está nada bem. Em janeiro fomos viajar e ele ficou no pet shop por 05 dias, infelizmente ao retirar ele estava magrinho e a veterinaria me disse que ele nao quis alimentar direito. Na mesma semana fizemos churrasco e ele comeu e a partir desta data ele vem sofrendo nao se alimenta mais, tem vomitado e tendo algumas vezes diarreia ja ficou internado varias vezes seu figado esta um pouco alterado tomou medicamentos e agora so alimenta com Recouver ( alimento em pasta – marca Royal canin) e agua de coco. Percebo que qdo vou passear ele fica feliz e não quer voltar para casa. Perguntei a Dra se era Depressão e ela diz que não que ele esta com sindrome de absorção de alimentos. Preciso de uma orientação.
    Aguardo

  15. A sindrome da má absorção canina pode ser tratada com uma dieta caseira.

    Receita: arroz integral, cenoura, beterraba, frango desfiado, inhame ou batata, chuchu.
    Modo de fazer: cozinhar tudo junto e servir morno ao cão.
    Dica: “incremente” essa mistura com um probiótico em pó (você encontra pra vender em casas de ração)

    É muito importante o acompanhamento veterinário. Se você não está satisfeta ou não concorda com a opinião do seu veterinário, você tem todo o direito de procurar outra opinião.

    Se o caso for depressão, uma das formas de tratá-la é proporcionar ao cão motivação, através de atenção e carinho, dessensibilização e habituação gradual do animal a separação do proprietário. Você pode também fornecer ao animal brinquedos, distrações e exercícios diários (passeios e brincadeiras). A depressão canina pode ainda ser tratada através florais (tem um à venda em pet shops chamado TRISTEZA E DEPRESSÃO).

  16. Oieee Bom Dia!!!
    Esta acontecendo o seguinte, no dia 07/04 (sabado) chegaram em minha residencia mais dois cães uma femea e um macho filhote, e eu ja tinha a 5 anos um cachorro Macho (Poncho), esse meu cachorro, sempre foi muito alegre, e carinhoso, e tambem muito ciumento, só que, depois de sabado o meu cachorro Poncho mudou seu comportamento dentro de casa, ele agora não brinca como antes, e se isola no canto, eu sempre fui muito apegada mais a ele, e vejo essa mudança nele mexe comigo tambem não gosto de ver meu cachorro tristinho, então eu vendo essa diferença em seu comportamento, passei a dar mais atenção a ele e muito carinho tambem, mas eu não vejo mudança ele continua do mesmo jeito!!! Por favor vc pode me ajudar? Eu acho que ele deve estar assim pelos novos membros na casa, deve estar se sentindo isolado, eu não quero que o meu cachorro se sinta depressivo. Antes a casa era só dele e a atenção tbm, e agora td mudou :´´´( é como se tivessem invandindo o espaço dele??? O que vc me aconselha a fazer?? Eu agradeço muitoooo!!! E por favor me ajuda!!!

  17. Ana Paula,

    Não precisa se preocupar! Seu cãozinho vai ficar bem! Ele vai se acostumar com seus novos irmãos.

    O certo é não tirar nada dele, nada do que ele ja tinha antes, e ir acostumando aos poucos os outros.

    Uma dica bem bacana é estimulá-los com petiscos: por exemplo, colocar um biscoitinho na boca de cada um, pra ele ir vendo que os outros agora fazem parte da familia, deixar todos entrarem dentro de casa aos poucos.

    Levar todos eles para passearem na rua juntos é outra ótima dica para que todos se sintam parte da mesma matilha. Caminhadas são uma forma importante de estabelecer vinculos com os donos e com os demais membros da matilha.

    Ajudaria também se você fizesse uso de florais para tratar essa depressão, até que seu cão se acostume com os novos membros. Na maioria das pet shops tem florais à venda, nesse caso seria um para “tristeza e depressão”.

    Grupo Irmão Animal

  18. oi tenho um chow chow e ela esta se mordendo o q devo fazer para q ela pare com isso ela fica de dia sozinha ai ela tende usar aqueles cone na cabeca pra ela nao se morder se nao fica no vivo me ajude nao sei o q fazer

  19. Gleik,

    A cadelinha está se mordendo por ansiedade e não por depressão!

    Seguem algumas dicas para que ela melhore esse comportamento:

    Leve-a para passear na rua duas vezes ao dia. Passeios de 20 minutos são suficientes para um chow chow. Isso gastará a energia de sua cadelinha e fortalecerá seu vínculo com ela.

    Antes de sair de casa, procure levá-la para um dos passeios (o outro pode ser quando você chegar) e brinque bastante com ela! Gastar energia a fará ficar mais calma durante sua ausência.

    Enriqueça o ambiente com brinquedos próprios para cães, ossos para roer, esconda petiscos pela casa a fim de estimular a investigação e exploração, ou então forneça a refeição do animal dentro de uma garrafa PET, para que ele trabalhe para retirar os grãos de ração de dentro.

    Dê para sua cadelinha um floral para lambedura compulsiva / lambedura psicogênica.

    Grupo Irmão Animal

  20. ola sou sionara veber e quero saber se quando um cão da raça boxe e devidamente agredido por outros dois da raça rotivailer esse cão da raça boxe pode vir e ter depresso

  21. ola. preciso de ajuda. Eu tenho uma pinscher de 9 anos, e a mais ou menos 3 semanas me mudei e vim morar em um ap, e ela vem apresentando sinais de depressao, fica choramingando pela casa, nao esta comendo, dorme o tempo todo n levanta pra nada. e estou comecando a ficar preocupada. Antes morava eu minha mae e ela, e agora me mudei e estou morando sozinha, eu e a jhuly (cachorrinha) trabalho o dia todo e a noite vou pra facul e n sei o q faço com ela, to muito preocupada pois ela é meu chodozinho. me ajude. tenho q leva-la no pediatra?

  22. Tenho uma cadela lhasa apso tem 7 anos, toda vez que fica sozinha em casa ela arranha a porta toda, também faz coco e xixi fora do lugar. Não sei o que fazer. A porta está horrível. Era de madeira agora mandei pintar. Preciso de ajuda para ela parar de arranhar a porta.

  23. A buldog frances do meu cunhado faz a mesma coisa! Uma vez ela chegou a cavar um buraco na porta! O cão faz isso pois fica ansioso com a separação do seu tutor.

    Seguem algumas dicas pra tentar entender e melhorar esse comportamento:

    * Tente tratar o problema do seu melhor amigo com o uso de florais: esse (link abaixo) para ansiedade, parece ser o mais indicado: http://bioflorais.com.br/floral-veterinario/ansiedade.html

    * A maioria dos cães tem de ficar sozinha em um ou outro momento. Entre as iniciativas que podem evitar a ansiedade de separação, uma é não supervalorizar as saídas e as voltas ao lar. Nunca saia de casa se desculpando para o cão, preocupado ou ansioso demais. Nem chegue fazendo muita festa. Ao contrário, nesses momentos mantenha-se relaxado e evite retribuir a festa. Não é fácil, mas vale a pena: o cão será diretamente beneficiado. Fonte: http://www.caocidadao.com.br

    * Procure deixar o seu cheiro no brinquedo favorito do seu cão ou na caminha dele, assim, o cão não se sentirá tão excluído quando for preciso deixá-lo sozinho.

    * Procure enriquecer o ambiente onde seu cão fica, escondendo petiscos pela casa para serem encontrados pelo cão durante sua ausência.

    * Se possivel, antes de sair de casa, passeie com seu cão e brinque bastante com ele, para ele se cansar.

    [ ]‘s

    Grupo Irmão Animal

  24. Jessica,

    Certamente essa mudança a deixou deprimida. Mas com alguns cuidados e atenção, ela vai ficar bem.

    Você pode tentar dar um floral para depressão: http://bioflorais.com.br/floral-veterinario/tristeza-e-depress-o.html. O tratamento pode demorar a fazer efeito, alguns meses, mas como é algo que não faz mal algum para a saúde do animal, acho que vale a pena tentar.

    Procure deixar o seu cheiro no brinquedo favorito do seu cão ou na caminha dele, assim, o cão não se sentirá tão excluído quando for preciso deixá-lo sozinho.

    Procure também enriquecer o ambiente onde seu cão fica, escondendo petiscos pela casa para serem encontrados pelo cão durante sua ausência.

    Se possivel, antes de sair de casa, passeie com seu cão e brinque bastante com ele, para ele se cansar.

    Espero que com essas dicas, sua cadelinha melhore.

    Grupo Irmão Animal

  25. Tenho minha cachorrinha há quase um ano, peguei ela com dois meses.
    agora terei que morar na casa da minha avó, porém, ela não quer que eu fique com a cachorra, me mandou dar.
    consegui uma pessoa que fique com ela temporariamente, vou vê-la duas vezes por semana, se a pessoa deixar, todos os dias.
    o problema é que eu e meus pais somos muito apegados a ela, e ela a nós.
    quando meu pai viaja ela fica bem menos elétrica.

    Tenho muito medo de que ela fique com depressão e morra, o que posso fazer?

    é urgente, alguém me ajude

  26. Eu aconselharia a convencer a avó a deixar a cadelinha com ela. Falaria dos beneficios da convivência com animais…

    Mas cães costumam se adaptar muito bem a novos donos, desde que sejam tratados com carinho e atenção.

    Ela até pode entrar em depressão sim, mas nada que muito carinho e atenção não resolvam.

    De qq forma, a melhor coisa é tentar convencer a avó a aceitar a cadelinha.

  27. Estou triste…. Meu Labrador Femia , acho que ela esta em depressão. tem 4 dias que ela nao come nada… Não quero que ela se vá. Tem uma semana que mudei de casa, acho que é por isso que ela esta triste, nao deve ter se acostumado com o ambiente…. Me ajudem , o que faço para minha lindinha comer… tá tentei de tudo…. ração, biscoito, angu com carne que ela amava e nada… buaaaaaa… Tenho um labrador macho tambem, mas ele está bem é só a fémia que esta assim… o que fazer????

  28. Minha dica:

    Leve sua labradora no veterinário pois pode não ser apenas depressão. Pode ser vermes ou outra enfermidade que apenas um veterinário poderá dizer.
    Tente andar com ela na rua, passear por cerca de uma hora, pra cansar ela bastante. Depois ofereça um patê específico para cães pois eles costumam ser mais saborosos que a ração. Se ela comer, na proxima refeição, vá misturando com a ração.
    Mas não deixe de levá-la ao veterinário!

  29. Moro em Brasília e meu cachorro provavelmente está com depressão. não quer mais saber de comer e está muito magro. Já levei em veterinários, mas nenhum conseguiu solucionar o problema. Gostaria, encarecidamente, que vocês me indicassem um veterinário aqui em Brasília.

  30. Oi Flavia,

    Somos do Rio, não conhecemos vet de Brasilia para te indicar…
    Mas seguem algumas orientações.
    A rotina do cãozinho teve alguma mudança significativa nos ultimos meses (morte de alguem da familia, mudança de ambiente, chegada de um bebe ou de um novo cão)? Se teve, pode ser sim depressão. O correto é sempre pedir a ajuda de um veterinário, sempre! Vai tentando mudar de veterinario, até que você conheça um em que confie e que ajudará seu cão.
    Pararelo a isso, você pode tentar dar a seu cão floral (de uso veterinário) para depressão: http://bioflorais.com.br/floral-veterinario/tristeza-e-depress-o.html.
    Com relação ao fato dele não comer, será que não seria indicio de vermes? Dê a ele um vermifugo e tente mudar um pouco a alimentação até que ele se recupere e volte a comer a ração. Faça uma papa com arroz, batata, cenoura e frango desfiado, sem sal e sem temperos. Dê a ele apenas essa papa e aos poucos vá misturando a ração, até que ele melhore e volte a comer apenas a ração.

  31. Olha, ele vem mudando o comportamento desde 2010, quando teve doença do carrapato e depois de curado, ficou mais desconfiado de tudo e o quadro só vem piorando. Atualmente, ele só anda com o rabinho entre as pernas, não gosta mais de passear e agora nem comer quer comer mais. Já o levei no veterinário, fiz diversos exames (de sangue, urina, fezes) e dá tudo normal. Não sei mais o que fazer, vou comprar o floral como indicado e tentar achar um vet aqui em Brasília que trate de cachorros com distúrbio de comportamento. Tadinho, estou com muita pena do meu bichinho, estou dando ração batida por meio de uma seringa já faz uma semana, pois ele só como alguns grãos de ração por dia e isso porque eu dou na boca e faço de conta que vou pegar para mim…. mas obrigada pela ajuda.

  32. Poderiam me ajudar? Meu shih tzu de 1 ano e 10 meses apresenta ansiedade de separação toda vez que eu e meu namorado saímos juntos ou em dias que não vamos trabalhar tipo finais de semana, mas durante a semana ele fica bem e comportadinho com os brinquedos dele e petiscos pela casa, nunca nos despedimos dele para sair e quando chegamos esperamos ele se acalmar para fazermos carinho. Mas não podemos mudar a rotina nem um pouco que ele fica louco, pula sem parar na porta morde a maçaneta (já quebrou os dentes três vezes) e late sem parar. Quando chegamos vemos que ele não comeu os petisquinhos e aí sim ele vai come-los, ele tem brinquedos desafiadores mas ele só brinca durante a semana na rotina, fora da rotina ele não faz nada só morde a maçaneta da porta pulando nela e late muito, ah e ele morde os rodapés também.
    Enfim, estou dando floral, passo produto na porta para deixar ele longe, ele passeia todos os dias por longo período, mesmo assim não adianta, é mudar a routina da gente sair que ele se transforma, não posso pegar um cinema por exemplo, tá demais… já pesquisei se seria viavel arrumar uma cachorrinha para se companheirinha dele em casa, será que ele pararia com isso?? Por favor me ajudem, não sei mais o que fazer…

  33. Oi Patricia,

    Está fazendo o correto mesmo: enriquecer o ambiente com brinquedos e guloseimas, cansar bastante o cãozinho com passeios e brincadeiras, uso de florais…

    Realmente é uma boa ideia arrumar uma companheira pra ele, ou se as condições financeiras permitirem, um bom adestrador.

    Outra coisa que eles podem tentar são aqueles produtos da organnact:

    http://www.organnact.com.br/produto.php?cod=133&t=calmyn-dog

    http://www.organnact.com.br/produto.php?cod=132&t=fitocalmyn-palitos

  34. oi tenho um poodle de 1 ano samos muito apegado nunca ficou sozinho por muito tempo to precisando viaja por 2 anos to pensando de deixalu com a minha sobrinha q mora comigo mas tenho medo de ele adoecer e morre de saudades minhas se eu leva ele vai ter q ficar so ,ñ sei o q fase si levo ou deixo por favor me ajudem

  35. Oi Ellen,

    Os cães se adaptam bem a mudanças…. ainda mais se a pessoa que ficar com ele provê-lo com bastante atividade fisica e muito carinho.

    Acho que temos que pensar sob o ponto de vista do cão: será que ele prefere ficar com seu tutor, mas sozinho na maior parte do dia ou será que ele prefere “ganhar” um novo tutor, tão amoroso quanto o anterior, mas que dará a ele o que um cão precisa: companhia, atividade fisica, atenção e amor?

    É uma escolha dificil, principalmente pra quem tem que deixar seu animal de estimação tão amado. Mas não podemos ser egoistas nessa hora, né? Tem que pensar no que é melhor para o animal.

    Pode-se também fazer uso do floral SOS: http://bioflorais.com.br/floral-veterinario/resgate-sos.html. Começando um pouco antes da viagem e fornecendo ao animal, conforme a indicação, até que ele esteja bem com a ausência do seu tutor.

  36. boa noite! Tenho um shitzu de 2 anos e esses dias viajei com meu marido por 15 dias, deixando ele com minha mãe, que tem uma poodle, com quem ele cruzou e teve uma filhote (nascida a 30 dias). Trouxemos ele pra casa e ele tá muito tristinho, não quer comer, só fica embaixo da cama e do sofá, nem os petiscos que ele adora ele quer. não sei se é impressão minha mas tô achando ele meio quentinho e com o nariz seco e quente… Será que é só tristeza normal ou ele pode estar com alguma doença? Achei 2 carrapatinhos nele e tô com muito medo!

  37. Boa Tarde Juliana,

    O primeiro passo é levá-lo a um veterinário para fazer um exame de sangue e verificar se está tudo okay com a saúde dele.

    Com relação à alimentação, você pode preparar pra ele, uma papinha com arroz integral, batata, cenoura, inhame, carne moida e miudos de frango bem picadinhos. Sem tempero e sem sal. Tenta dar puro, levemente morno. Caso ele coma, vá misturando novamente a ração junto a esta papa, até ficar apenas com a ração novamente.

    Caso seja depressão, você pode tentar um floral. Não faz mal e pode ajudá-lo. Mas leve-o ao veterinário primeiro!

    http://bioflorais.com.br/floral-veterinario/resgate-sos.html

    [ ]‘s
    Grupo Irmão Animal

  38. Ola,eu tenho uma pooble femea pura o nome dela é Belinha,eu adotei mais uma cachorrinha que ainda é filhote(mistura de Husck Siberiano com vira lata nome dela é Mel),ela esta mordendo a Belinha,e ela esta se afastando de mim quando eu pego a Mel.A Belinha pode estar com depressão?Como tratar em casa,fazendo elas serem amigas e que a Mel pare de morde_la?(OBS: Elas tem brinquedos para morder)Obrigada e me ajude o + rapido possivel!!!!

  39. Oi Maria Eduarda,

    Filhote morde mesmo… não tem jeito… o que se pode fazer é desencorajar falando “não” toda vez que pegar a filhote mordendo a cadelinha mais velha. Não precisa gritar, mas tem que ter uma entonação diferente, pra ela ver que é errado morder. Pode tb fazer um barulho alto, batendo no chão ou em algum móvel com um jornal enrolado (formando um tubo), seguido do “não”.

    Não adianta pegar a Mel no colo toda vez que ele morder a Belinha. Ela vai associar esse comportamento idesejado com colo e vai continuar fazendo.

    Uma forma de integrar as duas cadelas é passear com as duas juntas, todos os dias.

    Ensine também obediência ao cão. Ele deve atender prontamente aos comandos SENTA e DEITA. Inicialmente, ensine cada cão por vez e quando já tiverem aprendido, faça os exercícios com os dois cães juntos. Ter um ótimo controle dos cães pode prevenir brigas que poderiam vir a ser muito sérias.

    E por fim, tente um tratamento de alguns meses com florais: http://bioflorais.com.br/floral-veterinario/resgate-sos.html

    Bjs

  40. Bom dia.
    Tenho uma cadela Poodle de 3 anos. Ela e muito agarrada comigo. Quando saio, mesmo que por 5 minutos e quando volto ela ate chora. Moro na Bahia e tenho uma unica filha que estuda em Minas e todo mes eu vou la e com medo que minha cadela morra de saudades de mim, eu dirijo 12 horas so pra leva-la comigo.Ja tive caso de morte na familia que tive que deixa-la em casa com a empregada e disse a ela pra dormir na minha cama com ela pra que ela nao sentisse falta mas nao teve jeito. Fiquei fora 2 dias e meio e quando voltei ela estava doente, com as plaquetas em 70.000(foi por causa da minha ausencia?)tratei dela por um mes ate que ela melhorou, mas ela e uma cadelinha muito estressada, arranca o pelo e tenho que estar sempre colocando o colar nela. O meu problema agora, e que vou fazer uma viagem internacional no final do ano e vou ficar fora 35 dias e estou muito preocupada, com medo que ela morra. Ela tem um filhote de 2 anos que faz companhia pra ela, mas o negocio dela e comigo. Por favor me ajude. Nao quero perder minha Nina. Existe algum tratamento que eu ja poderia estar começando agora com ela? em setembro pretendo ficar 5 dias fora e vou deixa-la com uma amiga que gosta muito dela, e uma maneira de ver o que vai acontecer nao e mesmo?mas minha preocupacao sao os 35 dias no final do ano. Muito obrigada

  41. Solange,

    Li certa vez em um livro sobre cães que para um cão ser feliz ele precisa de:

    50% de atividades físicas -> passeios, brincadeiras que vão deixá-lo cansado, etc.
    25% de disciplina -> treinamentos de obediência, escovação no pêlo, cortar as unhas e outras formas de mostrar ao cão que vc é o “chefe da matilha”.
    25% de afeto -> carinho, afagos, etc.

    Esses percentuais são com relação ao tempo que vc passa com seu cão e segundo o autor do livro, se há um desequilibrio nesses percentuais, grandes chances de seu melhor amigo se tornar um cão com problemas comportamentais.

    Nunca é tarde para iniciar um trabalho para amenizar esses problemas com seu cãozinho. Seguem algumas dicas:

    * Procure passear com ele duas vezes ao dia, se possível meia hora em cada passeio. Peça para alguem passear com ele tb e vá revezando com essa pessoa. Se possível, use uma mochila para cães para potencializar o resultado dos paseios: http://www.bitcao.com.br/description.php?II=130

    * Faça uso de florais. Comece a usar desde já e siga o tratamento por vários meses, até você perceber que seu cão está melhor. Um bom floral para o caso de seu cão é esse:http://bioflorais.com.br/floral-veterinario/ansiedade.html

    * Procure enriquecer o ambiente de seu cão com vários brinquedos: e estimule que ele brinque bastante com esses brinquedos. Brinque junto, deixe seu cheiro nos brinquedos dele para que ele sinta sua presença quando ficar só: http://www.bitcao.com.br/items.php?PB=5

    [ ]‘s

    Irmão Animal

  42. Agradeço muito os seus conselhor. Ja encomendei tudo que voce me sugeriu. Mas, minha preocupaçao maior agora sera no final do ano quando passarei 35 dias longe dela. A minha cunhada, 2 sobrinhos, irmao e sogra ficarao em minha casa cuidando dos meus caes pra mim(sao 4) porem, a unica e que muito apegada a mim e a Nina(poodle)Ela e o filhote dela dormem comigo e tenho certeza de que minha cunhada nao ira querer deixar cachorro na cama com ela. O que devo fazer?ja estou ate pensando em cancelar minha viagem por causa dela.

  43. meu cachorro era bbem animado bagunceiro levei ele para passear no mania de cão e agora ele ta muito triste só fica deitado e ele deixa fazer muitos carinhos e antes ele naum deixava o que pode ser me ajude…

  44. Minha yorkshire de 4 anos ficou gravida, mas nao deu certo pois, perdeu o filhote depois de ter que fazer uma cesariana. Agora ela fica bem quieta o dia inteiro sem comer e com seus brinquedos como se fossem seus filhotes. Esta tomando um antibiótico forte. Nao sabemos o que fazer e estamos preocupados,por favor nos ajude!

  45. Olá,
    Me ajudem por favor, estou sofrendo muito.
    Minha mãe achou uma poodle de aproximadamente 7 anos na rua, vagando perdida. Ela pegou a cadela bem suja, com os pêlos bem grandes e enrolados e cheia de parasitas. Ela trouxe a cadela para mim e eu cuidei dela, dei banho, levei ao veterinário, vermifuguei e tudo mais.Depois de duas semanas descobrimos que ela estava prenhe. Ela deu a luz a 7 filhotes mas um morreu. Eu dei os filhotes mas algo estranho aconteceu depois. Logo após a ida da última filhotinha eu preciseime ausentar por 2 semanas mas deixei minha cunhada tomando conta dela ( ela mora comigo). Quando eu voltei, cheia de saudade da minha cachorrinha, ela simplesmente me ignorou. Não quer mais brincar comigo, não quer mais dormir comigo nem nada, ela só quer saber de ficar atrás da minha cunhada, fica chorando quando ela sai ( mesmo eu estando em casa ) e se esconde debaixo da cama dela ( dorme lá sempre e adora ficar debaixo da cama dela) e se ela chama a cadelinha ela vai correndo, mesmo se eu estiver com a cadela no colo na hora, ela pula do meu colo e vai correndo ficar com a minha cunhada. Não sei mais o que fazer. Passeio com ela, dou petiscos, brinco com ela… Estou muito triste pq sinto que ela não quer mais ficar comigo, estou quase deixando ela para a minha cunhada, pelo menos ela parece está mais feliz com ela…
    Ela não tinha esse comportamento, antes ela nem ligava quando minha cinhada chegava mas agora, ela chega a ficar deitada na porta esperando ela chegar e isso me magoa muito pq ela nem liga para mim se eu a chamo.

    O que eu faço para recuperar minha cadela? Será melhor dar ela para outra pessoa? Desistir dela?

  46. Oi Cibele,

    Acho que de alguma forma, a cadelinha vê na cunhada da Cibelle a “lider da matilha”.

    O primeiro passo é castar a cadelinha, por causa dos hormônios poderem estar influenciando esse comportamento.

    Depois ela deve ter mais atitudes de “lider da matilha”: passear mais com a cadelinha, ensinar comandos e dar petiscos quando a cadelinha aprender os comandos ensinados, etc.

    Tem um site bem legal com dicas interessantes: http://www.comportamentocanino.com/site/artigos.php?id=5

    Boa sorte.

  47. ola preciso de ajuda tenho uma dalmata de aproximadamente 6 anos e meio de uns tempos pra ca ela tem tido crises de vomito nao sei o que faço ela fica ate uma semana ou mais sem fazer vomito mas ai volta de novo sai a raçao inteira e uma espuma branca e fica fzendo um barulho na barriga antes de vomitar ela ainda nao teve filhotes por nao conseguir arrumar um macho e ela ja teve uma gravides psicologica por favor me ajudem fico com muita do amo ela obrigado.

  48. oi estou muito preocupada eu tenho um poodle de 7 anos e vou precisar deixa lo sozinho por 2 meses ele vai ficar com a minha sogra mais estou com muito medo dele ficar doente o que eu posso fazer pra amenizar a falta que ele vai sentir?

  49. oi, estou precisando de ajuda tinha uma cachorra tinha +ou- 12 anos e ela faleceu no dia 25/10 ficou a filha dela que tem 7 anos e é muito ciumenta e mais nem parecia mãe e filha, pois sempre era uma briga na hora de comer e por ciumes e hoje dia 26/10 ela só dormiu e não quis comer elas sempre ficarão juntas. Concerteza ela assim como eu esta sentindo a falta. Gostaria de saber o que posso fazer pra ela não sentir falta? Desde de já agradeço. Obrigada

  50. oiii, eu tenho uma yorkshire de 3 anos, e a 1 mes atras eu e minha familia viajamos a um sitio onde ela ficou solta o dia inteiro, dava pra notar q ela tava bastante feliz. Depois de uma semana voltamos pro nosso apartamento e ela tava no cio. Notamos q ela estava meio diferente pois ela parou de comeer a ração mas continuou comendo pao bebendo agua e leite. Levamos ela pra veterinaria e ela disse q podia ser gastrite mas ela n tinha certeza entao, ela receitou um comprimido q no inicio fazia efeito mas agr n esta fazendo efeito como antes. depois de dois dias a cachorra continuou a comer pao mas ela fico mais isolada brincando só as vezes ( em nenhum momento ela vomitou ou se isolou totalmente de nós). Queria saber se isso pode ser só gastrite, pode ser uma depressao por ela estar no cio ou uma depressao por ela ter ficado no sitio e ter voltado pro apartamento já q só em alguns finais de semanas passeamos com ela?! por favor respondem pois tenho medo de q ela piore ! obg =)

  51. Tenho uma labrador de 6 meses e derrepente ela começou a roer o final da cauda até ficar só a pele com algumas feridas, e também quando a tranco na varanda ela começa a choramingar. O que eu faço? estou desesperada!

  52. Oi tenho um york shire de menos de 1 ano ele sempre foi mto agitadinho sempre ke vinha gente aki em ksa tinha ke fikar brigando com ele de taum agitado ke ele fikava mais eu estou gravida de 6 meses e ha mais ou menos um mes ke ele vem apresentando um comportamento mto estranho ele ta mto kieot sempreno seu canto naum se agita mais com visitas td mundo ke vem aki em ksa ja percebeu será ke é por causa do bb ?

  53. Olá, tenho uma cadelinha poodle de 7 anos, e depois que eu e minha família voltamos de viagem, ela não come, não brinca, só fica deitada, não responde se chamarmos ela e nem olha em nossa cara
    Será que pode ser depressão?
    Como eu faço para resolver?
    P.S: Ela é muito sentimental

  54. Olá, tenho um vizinho que possui um cachorro guapeca (vira-lata/tamba-lata) grande e forte, parecido com um da raça labrador. Porem o cachorro tem pouco espaço, que é desprovido de grama e sim de pedras britas. Fica o dia todo em uma coleira, nao possui alguem para brincar, pois afinal foi pego com intençao de proteger o local de ladroes e etc. Passo em frente a sua casinha todos os dias, e ele sempre está deitado com o fucinho entre as patas cruzadas embaixo de sua casinha e nao da a menor bola para minhas provocaçoes para tentar chamar atençao e faze-lo se mexer. Alem disso em sua perna se encontra um terrivel tumor, uma bola gigante em sua coxa direita que provavelmente virará cancer, pois o cachorro esta assim faz mais de 4 meses. Nao sei o que fazer, devo ligar para a policia ou o que? Pois nao aguento passar em sua frente todos os dias e ve-lo com a cabeça entre as pernas e dormindo o dia todo na mesma posiçao. Obrigado.

  55. Olá… tenho uma poodle se chama nina ela tem 8 meses.. seu cartão de vacina está completo… ela apresenta muita tristeza, nao come , nem olha quando agente chama.. ela nao está vomitando nemm esta dando febre… estou preocupada … ela é muito apegada a mim e agora nem me dá moral.

  56. Olá !
    Estou sem saber o que fazer com minha cadela, ela é uma vira lata de 08 anos, sempre foi muito dócil e brincalhona. Em um certo domingo, devido a comemoração do jogo, teve muitos fogos e ela se assustou e fugiu, ficou 15 dias desaparecida. Com muita sorte, nós a encontramos. Aí vem o problema, ela está triste na casinha, morde ou lambe o rabo o tempo todo, não come direito a ração que nós damos, e está rosnando para o meu marido. Estou muito triste, pois não sabemos o que fazer e nem a quem procurar. Por favor me ajude !!!

  57. olá tenho uma cadelinha muito linda!
    so que de uns tempo pra ca,ela ta mt estranha faz muita bagunça comendo tudo que ta pela frente( sapato,papel) e estamos tentando corrige-la so que ta dificio e estou com medo de ela entrar em depressão1 por causa disso que eu façoo!

  58. Ola tenho uma poodle de 4 anos, a alguns dias ela anda chorona e so quer ficar deitada no canto da sala, li o artigo acima e acho que a minha pode esta sofrendo de anciedade de separação pois antes ela sempre tinha alguem em casa com ela e agora ela fica sozinha o dia todo.Quando chego levo ela pra passear e brinco com ela mesmo as vezes ela nao querendo, mais assim que paro de brincar ela começa o chorar de novo e so para quando esta no meu colo, gostaria de saber o que posso fazer pra ela se acostumar a ausenca de uma pessoa junto com ela e como faço pra ela nao ficar tao deprimida.

  59. OLÁ TINHA DOIS CACHORROS!UM DELES FOI ATROPELADO NA PORTA DE CASA,FIZERAM DESCASO E NÃO SOCORREM,A PRINCIPIO ELE TINHA UM FERIMENTO NOS OLHOS,MAS NÃO TINHA COMO LEVAR AO VETERINÁRIO POR SER NOITE E DOMINGO,NÃO TENHAMOS CONDIÇÕES EM LEVAR EM CLÍNICA DE PLANTÃO,ELE PASSOU A NOITE INTEIRA ANDANDO PELO QUINTAL,NA SEGUNDA LEVAMOS AO VETERINARIO,ELE ESTAVA COM MUITA DOR E FAZIA UNS MOVIMENTOS ESTRANHOS COM A CABEÇA,A MÉDICA APLICOU MORFINA E OUTROS MEDICAMENTOS PARA DOR,AO CHEGAR EM CASA ELE TEVE VARIAS CONVUNÇOES E NA MADRUGADA DO DIA SEGUINTE,DIA 16/04/2013 VEIO A ÓBITO,FOI PASSADO UMA TOMOGRAFIA MAS NÃO OUVE TEMPO DE FAZER,JÁ QUE ESTAVA MARCADA PARA O DIA 17/04/2013.NOSSA FIQUEI MUITO TRISTE E COM DIVERSOS PENSAMENTOS,ACHANDO QUE FOI A MORFINA QUE LEVOU ELE A ÓBITO,AGORA FICOU O MEU POODLE,MAS ELE PARECE ESTAR DEPRESSIVO COM A FALTA DO OUTRO,AS VEZES FICA TRISTE,NÃO QUER COMER SÓ SE ALEGRA QUANDO BRINCO COM ELE,MAS SE PARO DE DAR ATENÇÃO LOGO ELE VAI PARA DEBAIXO DAS CAMA E SE ENTRISTECE,POR FAVOR ME AJUDEM,TENHO MEDO DE PERDE MEU BICHINHO.

  60. meu cachorro anda mt triste ñ come direito sera q e pq estou gravida q devo fazer p ajudalo

  61. OI minha cachorrinha da raça “salsicha” faz uns dias que ela não comia agora ficou muito magra quando pego nela só sinto os ossos sendo que antes ela era gordinha,ela era muito alegre comia muito ai do nada ela fico assim,tentei soltar ela hoje para ver se ela se mexia e nada fico parada e depois se isolo num canto por favor alguém me ajude não quero perde-la amo demais ela por favor me ajudem.

  62. Meu cachorro de raça poodle, perdeu sua companheira e está muito depressivo, agora apareceu umas bolinhas purolentas no seu corpo quase todo. O que será ?
    Minha mãe até deu uma sugestão de ser sarampo ou catapora! Será?

  63. ola eu sou sheila eu tenho cachorro pinscher que tem um ano eu trouxe outra cachorra da mesma raça que tem um mês para fazer companhia para ele, e o cachorro de um ano rejeitou a cachorrinha de um mes , e ele nao quer comer , que morder a cachorra e as pessoas aqui de casa e isso tem dois dias que a cachorrinha chegou o que fazer ???

  64. OLá , minha Cachorra é da raça pastor alemão , teve 5 filhotes, dois morreram , depois disso seu pelo começou a cair muito , esta parecendo a pele dela e tem umas crosta não sei se é pq ela esta coçando muito, e tb ela sempre carrega um dos filhotes para fora da casa e deixe os outros dois lá quietinhos, ela sempre faz isso só com o mesmo filhote, as vezes ela fica desesperada não sei se é pq ela quer pedir alguma ajuda para mim, Este fihote quase não desenvolveu mas os outros dois já estão bem grandinhos, As vezes acho que ela quer pedir ajuda , Gostaria de saber o que esta acontecendo com ela , pq antes de ter filhote ela ficava solta no quintal , e agora ela fica mas presa por conta dos filhotes, e tb não posso deixar a porta da casa onde eles estão aberta pq tenho medo que meu outro cachorro é da raça pastor Belga machuquem os cachottinhos. Aguardo resposta em meu e-mail.

  65. Boa noite pessoal..
    Tenho um Pit Bull de 6 anos, onde ele esta em estado depressivo.
    Sempre o tratei como um filho, onde desde pequeno ele dorme em meu colo com um paninho na boca e.
    Quando descobrimos que minha esposa estava grávida e começamos a compras as coisas do bebe, sempre o incluímos para cheirar as roupinhas, quarto do bebe, enfim, sempre o incluímos em tudo.
    Meu filho nasceu tem 14 dias, e há 4 dias meu Pit não esta comendo bem, não brinca e esta isolado.
    Abrimos a casa para ele ficar conosco e mesmo assim ela não mudou, o que posso fazer para melhorar esse quadro? (claro levar no veterinário é primordial).
    Preciso que me ajudem pois estou preocupado com esta situação.

  66. Olá, tinha 2 cachorros , uma femea de 4 meses(nega) e o fred de 6 meses.. na sexta passada o fred faleceu e não sei o motivo,no domingo a nega começou a vomitar e ter diarréia com sangue. levei ao veterinário e ele receitou soro e amoxilina pra ela e deu injeção. desde então deu uma amenisada na diarréia e no vomito ela ainda os tem mais bem menos, mais agora ela não come nada e fica o tempo todo deitada e desanimada procurando o cheiro do fred.. o que faço para ela comer e se animar, será que deve ser depressão tambem???/ me ajuda não sei o que fazer falo com ela e ela se esquiva..se esconde…

  67. Ola eu sou a juciane ,eu tenho uma cachorrinha poodle de 2 anos ,ela era a dona da casa ,mas teve que me mudar pra casa da minha sogra porque passei por tratamento cirúgico e aqui ela foi proibida de entra na casa logo depois o meu marido que ela é também muito apegada trouxe pra casa uma filhote de pit bull dai então ela começou a aranha os contos da casa toda vez que entra e começaram deixa ela lá fora junto com a pit bull e meu marido começou a dá atenção primeiro a filhote então ela começou a ficar pelos cantos passou a dormir muito não querer comer e neste final de semana ela apareceu com o corpo todo avermelhado parecendo uma reação alégica e muito quente parecia esta com febre , dei banho nela com o sabão Tiadol o vermelhidão do corpo sumiu nas agora ela esta com os olhos inchado quase nem consegui abri os olhos eu usei nela um colírio abasse de lágrima ,mas hoje 17-06-20013 ela amanheceu ainda muito mais triste não comeu tomou um pouco de água de cocô mas depois vomitou tudo ! estou com medo de ser uma virose que está tendo um surto na cidade, mas já vacinei ela contra cinemose agora que lei o você falou sobre depressão fique sem saber o que é o sintomas são parecido com a depressão? Me ajude por favor já consultei o vete mas ele passou um remédio antialérgico não resolveu me ajude por favor? cada vez mais ela está com sensibilidade a luz preciso de ajuda há ela rói todo o tempo que esta acordada as unhas e a patinha será depressão?

    nchados

  68. oi mag olha vc tem que d atençao minha cachorra era assim d
    a ela ela
    fc alegre . ela fico triste por que
    so dava atençao
    aos filhotes dela
    agora eu dei atençao a ela ela ficou alegre

  69. Tenho uma viralata, eu morava com a minha mãe e ela também, sendo que me mudei e trouxe junto comigo. Chegando na casa nova ela fez coco xixi e depois parou de fazer coco. So faz xixi e já tem dois dias sem evacuar. Estou preocupada

  70. Oi meu cachorro anda muito triste,nao brinca mais,nao pula mais e fica andando devagar e com a cabeça abaixada isso e sinal de depressão ??? Me responda com urgência por favor

  71. oi eu tenho uma boxer de uma um ano e meio , ele era muito apegado ou meu marido hj faz 10 dias q meu esposo viajou e meu cachorro parou de comer já emagreceu muito so quer ficar deitado não brinca mais .não sei o q fazer me ajude por favor .
    ele so fica de cabeça baixa ..

  72. Oi, tenho uma vira-lata de 8 anos , e ela está com uma mania de entra no quarto do meu irmão e pegar algum objeto e levar para sua casinha e depois destrui-los, ontem ela pegou três notas de cinquenta reais e rasgou todas em pequenos pedaços , dinheiro do meu irmão.

  73. Olá, ganhei uma cachorrinha da raça Pinscher a mais ou menos uma semana ela tem por volta de 1 ano de idade e ela não quer comer, não quer beber água, não quer passear, só quer ficar deitada e perto da minha mãe, ela esta ficando fraca e as vezes ela tenta andar e cai no chão, acho que é pela fraqueza, por favor me ajude tenho medo dela acaber vim a óbito :’(

  74. estou gravida de 5 meses e minha poodle esta com comportamentos estranhos fica choramingando, vomitou uma gosma babenta, fica tremendo e comendo capim, me acorda de madrugada para caçar os brinquedos dela, ela levar os brinquedos para a caminha dela , fica lambendo os brinquedos , fica andando de um lado para outro tipo casando algo, fica com medo quando eu faço gestos bruscos. não esta comendo ração, outras coisas ela come etc.. me ajudem por favor grata

  75. Minha cachorrinha shitzu tev pariu ela é mto novinha agora fica entrando atrás de móveis e arrando será qual a causa.
    Desde já agradeço.

  76. Boa tarde,

    tenho uma lhasa de 7 anos, e ganhei um shitsu de 50 dias, a lhasa está triste, e isolada, não come a uma semana, e não gosta de ficar perto do outro filhote.
    não sei o que fazer para ajuda-la, tento dar mais atenção à ela, mas ela não emite nenhum sinal, não come e não brinca.
    o que faço?

  77. Perdi meu Labrador Lennon, quando a femea estava presa com os filhotes. Acho que foi saudade mesmo pois ficou internado, fez exames e não constataram nada.
    Agora a femea morreu… tbm foi ficando sem apetite, deanimada… dessa vez foi ela que sentiu a falta dele. Nossa.. é horrivel…

  78. meu pai foi fazer uma cirurgia ai no outro dia quando meu irmão chego meu cachorro fico feliz mas quando ele ñ viu meu pai fico triste e deito e os dias foram se passando ele ñ quis mas comer e nem beber água fico só provando um pouco de cada ai ele foi ficando muito fraco e começo a tremer e fica magro meu pai volto pra casa e ele fico feliz mas ele fico se tremendo muito o que isso pode ser. ele pode ta com depressão ou e outra coisa

  79. Olá , tenho um cachorrinho chamado toquinho de 5 anos, ele esta muito triste …pois de repente perdeu sua mãe e companheira , ele é sempre bem agitado e gosta muito de brincar , mas desde de ontém ele vai até o local em que ela dormia , fica olhando para o portão e perdeu sua alegria , o que faço , pois tbém estou sofrendo , mas mesmo assim tendo alegra-lo ..será que ele pode ficar depressivo ?

  80. tenho uma pinscher de oito anos, ela não ta comendo e ainda comemato sem para e depois vomita ta muito magrinha o que devo fazê?

  81. Olá! Meu nome é Yara Lucia.
    Acabei de adotar uma poodle de 1 ano(segundo a vetrinária) que estava abandonada nas ruas.
    antes de me entregar a SPAI( sociedade protetora dos animais de Ituiutaba), tratou de levá-la a veterinária, onde ela fez exames e tomou uma primeira vacina, que a veterinária falou que é para várias doenças generalizadas e que se houvesse alguma iria se manifestar. Depois de um final de semana, na clínica, eu a trouxe para casa. Logo de início ela ficou procurando uma saída. Não encontrou e sossegou, mas não brincava. Eu pensei que era a fase de adaptação, e que logo ela ficaria bem e animada,como me disseram que todo poodle é. No dia seguinte ela começou a vomitar apenas muco(sem cor e sen cheiro).Eu relatei para a veterinária que pediu para eu levar a Baby(eese é o seu nome) à clínica, onde ela ficou em observação por um dia e uma noite. A veterinária disse que lá ela não vomitou nehuma vez. então eu a trouxe para casa e misturei um poco de arroz à ração que eu tinha comprado prá ela que é uma superprêmio. Ela diminuiu mas não deixou de vomitar, e ainda está apática e não quer brincar com nada que eu tento estimulá-la. O que pode estar acontecendo com ela?

  82. oi presizo de ajuda , eu tenho uma cachorra que adotei da rua em 2010 , mas desde entao ela tem mania de fica esfregano as costas no começo eu achei que fosse normal ,mas a cada dia isso se tornou oque ela mais faz durante o dia e noite, as vezes ela para de esfrega mas começa a lambe continuamente as costas , eu ja tentei varios produtos d banho remedios mas nada faz efeito ela fica olhano as costas as vezes chora e começa tudo denovo, mas tambem percebi que as costas dela fica muito quente , mas apesar de tudo isso ela e bem saudavel bonita gorda come super bem, eu fico sem sabe oque faze.

  83. eu tenho um cão da raça poodle, ele ficou desaparecido por seis dias , ele sempre foi criado dentro de casa, nunca deixamos ele ir na rua só para ir no veterinario ou no tosa , quando o encontramos ele achamos ele diferente , muito agitado , nervoso , nos mordias , e certas caracteristicas dele não se parecia com ele, mas eu sei que é ele , mas suas atitudes mudaram , são são mais as mesmas , certos abitos ,geito de ser estar diferente , eu gostaria de saber porque?? sera porque ele ficou dias desaparecido e esqueceu dos seus donos? porque ele tá tão agitado ??? eletrico??? e suas manias sumiram porque?? é isso que eu gostaria de saber , obrigada , Eliane Mageste

Os comentários estão desativados.