Coletores encontram cachorro em saco de lixo em Lorena – SP

2.jpg
Assim Vitoria chegou a nós…
jogada no lixo, saco com a boca amarrada, faleceu apos tentantivas e internação na clinica…
Até onde vai a maldade do ser humano?

Animal foi resgatado antes de ser atirado no caminhão de lixo.
Casos semelhantes já aconteceram no Parque Rodovia, segundo coletores.

Um cachorro amarrado dentro de um saco de lixo foi encontrado por coletores no Parque das Rodovias em Lorena, no interior de São Paulo. O resgate foi em dezembro, mas o vídeo foi divulgado nas redes sociais pelo motorista do caminhão da coleta no último domingo (3).

O motorista Wellington José Queiroz Querino acredita que o animal foi colocado no saco plástico
para ser jogado no triturador do caminhão. No entanto, o cão chorou e acabou sendo resgatado. O animal foi batizado de Billy pelos coletores.

1.jpg
Coletor resgata cachorro em saco de lixo em Lorena
(Foto: Wellington Queiroz/Vanguarda Repórter)
"O cachorro estava muito fraco. Tentaram enforcá-lo com uma corda, mas de alguma forma ele sobreviveu. Dei o nome de Billy por lembrar um cachorro que tive há muito tempo", disse o motorista.

Uma moradora do bairro que passava pelo local assistiu ao resgate e se comoveu com a história. Ela adotou o animal. No entanto, outros cachorros não tiveram a mesma sorte. Segundo Wellington, já houve casos no Parque das Rodovias em que o cão já estava morto quando foi encontrado no saco de lixo. "É sempre neste bairro. Pelo que contei, foram pelo menos seis casos em dezembro. Este é o único caso em que conseguimos resgatar o bichinho com vida. É uma pena", afirmou.

A empresa responsável pela coleta de lixo em Lorena informou que, devido às ocorrências, orientou a todos os funcionários a estarem sempre atentos durante o trabalho, para evitar que os animais sejam mortos.

Animais em Lorena
Segundo Paola Giordani, presidente da UPA (União Protetora dos Animais) de Lorena, as denúncias de maus-tratos no bairro Parque Rodovia são recorrentes. "Em dezembro, fomos notificados de um cão de rua agredido com facadas. Infelizmente não conseguimos salvá-lo", disse.
Animais de rua também são um problema antigo na cidade. Segundo Paola, só a UPA já abriga mais de 200 animais de rua, entre cães e gatos. Em dezembro, a prefeitura inaugurou uma clínica para castração de animais.

Fonte: G1 Vale do Paraíba

Anúncios
Sem categoria