Bebês que convivem com cães em casa têm uma saúde melhor

Há muitas pessoas que acham extremamente inadequado que cães e bebês dividam o mesmo lar, em principal por causa de bactérias e possíveis doenças, acham mais apropriado ter um cãozinho quando o filho for um pouco maior, já estiver andando, mas é possível sim ter cães e bebês em casa. Alguns acham que devido ao fato do bebê ser extremamente vulnerável a qualquer tipo de germe e bactéria, pois seu sistema imunológico está ainda se formando, deixar o bebê exposto ao contato físico com um cão pode ser muito perigoso. Está errado, saiba que é exatamente o oposto disso. Um estudo feito pelo Hospital Universitário Kuopio, da Finlândia, constatou que os bebês que conviviam com cães em casa amadurecem o sistema imunológico mais rápido, exatamente porque o cão leva na sua pelagem germes e bactérias, mas ao contrário do que se pensa, isso ajuda o sistema de defesa do bebê a se desenvolver mais rápido. Bebês que convivem com cães tem 44% menos chances de ter infecções de ouvido e 29% menos chances de precisarem tomar antibióticos. O cão também precisa ser preparado para a chegada do bebê. Não se pode passar a prender o cão num canto para que ele não chegue perto do bebê e proibir a entrada na casa. Se o seu cão está acostumado a ter acesso aos cômodos da casa e ter sua atenção diária, você não vai poder mudar isso. Meses antes da chegada do bebê é necessário fazer as mudanças. Se você vai proibir entrada dele no quarto do bebê deve restringir seu acesso meses antes para ele se acostumar e entender. As mudanças e adaptações na rotina do cão deve ser feitas aos poucos. Você precisa prepará-lo à chegada do novo bebê da casa pois cães e bebês podem e até devem conviver. É saudável, indicado, é divertido e é mai amor no seu lar.

Fonte: http://www.cachorrogato com.br

Anúncios
Sem categoria