Cachorros protagonizam megraprodução estrelada pelo galã Bruno Gagliasso

POR FABIO DOBBS

Rio – Bruno Gagliasso ficou peludo, se coçou, por pouco não latiu, e só não pegou pulgas e carrapatos porque estava num elenco com pedigree no filme ‘Mato Sem Cachorro’, que entra em cartaz em julho. O ator teve como companhia até astros hollywoodianos, os cães Dust e Duff, conhecidos por se revezarem na interpretação do personagem Sam (Sam Trammel), que se transforma em animal na minissérie ‘True Blood’.

<CJ2>Bruno Gagliasso e Leandra Leal são, respectivamente, Deco e Zoé | Foto: Divulgação

Bruno Gagliasso e Leandra Leal são, respectivamente, Deco e Zoé | Foto: Divulgação

“Eu quis mesmo ficar como um cachorro”, conta Bruno, que teve uma ajudinha caseira para a atuação. “Sempre adorei animais e coloquei meus quatro cães no filme”, diz, orgulhoso dos seus bichos. Eles integraram uma matilha de 54 animais comandada pelo diretor Pedro Amorim, irmão do cineasta Vicente Amorim e filho do diplomata Celso Amorim. “O grande desafio foi fazer o Guto (Dust e Duff) desmaiar em cena”, entrega Pedro, que estreia seu primeiro longa, com orçamento de R$ 7 milhões.

Na história, o personagem Deco (Bruno Gagliasso) freia o carro em cima de Guto no meio da rua, que cai duro no chão. Preocupado, achando que o bicho morreu, Deco o resgata com a ajuda de sua namorada, Zoé (Leandra Leal). No veterinário, eles descobrem que o cão tem narcolepsia, uma doença que o faz desmaiar toda vez que se emociona. “Existem vários vídeos no YouTube de animais que têm essa doença”, conta o diretor. O casal se apaixona pelo cão e o leva para casa, mas, depois, vem a separação e Deco, tomado por ciúmes de Zoé, planeja o sequestro do bicho.

Para escolher a estrela canina que protagoniza o filme, Pedro bateu na porta de quase todas as produtoras de Los Angeles. “Os americanos já fizeram muitos filmes com animais, mas nunca com um cão que tivesse narcolepsia”, diz Pedro. Além de ensiná-lo a cair duro no momento certo, os treinadores americanos tiveram que ensinar também os filhotes. “Fizemos uma cadela emprenhar para que os filhotes tivessem a idade certa no momento de rodar o filme”, conta o diretor, que até pensou em ficar com um dos filhotes, mas foi vetado pela mulher. “Tive cachorro até os 14 anos, mas sofri quando o último morreu e daí não quis mais ter”.

‘Mato Sem Cachorro’ também conta com a estreia de Danilo Gentili na telona. Na trama, ele interpreta o amigo de Deco (Bruno Gagliasso), que o ajuda no sequestro de Guto. “Nunca fiz curso de interpretação. Foi bem diferente da reportagem. Tenho certeza de que esse é o melhor papel da minha carreira. Me inspirei em Rambo II para compor o personagem”, brinca.

Fonte:

http://odia.ig.com.br/portal/diversaoetv/cachorros-protagonizam-megraprodu%C3%A7%C3%A3o-estrelada-pelo-gal%C3%A3-bruno-gagliasso-1.566778

Anúncios
Sem categoria