Brasileira é a rainha dos animais abandonados de Miami

Por Chris Delboni | Coluna Direto de Miami

Fotos de Carla Guarilha

Apaixonada por animais, Gisela Tacao nunca se importou em se submeter a alguns sacrifícios em nomes deste amor. Durante meses, ela tomou banho de mangueira fria e, só quando dava, dirigia 20 minutos até a marina pública de South Beach para uma ducha completa. O galpão que alugou há um ano e meio para manter os animais não tinha chuveiro até pouco tempo atrás.

“Sempre amei animais”, conta a brasileira, que até porco já levou para casa da família em Niterói quando era criança.

Gisela Tacao no seu abrigo em Miami, cercada de seus mais de 200 melhores amigos.

Os anos se passaram, mas a paixão de Gisela não.

Morando há 17 anos nos Estados Unidos, Gigi, como é conhecida, não leva mais porcos para casa, mas salva todos os animais de estimação que pode, não só das ruas mas também de outros abrigos prestes a sacrificá-los por velhice, deficiência e, às vezes, para abrir espaço para entrar outros aparentemente mais aptos a uma rápida adoção. “Eu prefiro salvar os que ninguém quer”, diz ela.

E sempre foi assim. “Quando era pequena, vi um garoto batendo num cachorro na rua”, disse. “Tomou um tapão meu. Sempre defendi animais de rua. Faz parte da minha personalidade”.

Mas quando chegou na Flórida, com um noivo brasileiro que veio terminar os estudos na Universidade de Miami, tentou a vida como muita gente: trabalhou em restaurantes, como corretora de imóveis, frequentou academia de ginástica e chegou até a fazer um curso na academia de polícia de Miami Beach, por gostar muito de armas de fogo – e justiça, acima de tudo.

Mas por mais que gostasse do que fazia, nada se comparava ao amor pelos animais.

Gigi patinava frequentemente em South Beach com, no mínimo, sete cachorros – seus cãezinhos de estimação – todos soltos e obedientes. Mas, sempre se comovia com os cães abandonados e acabava levando para casa todos os que encontrava sem destino.

Mas legalmente não se pode ter mais do que quatro cachorros num lar e começou a receber muitas reclamações dos vizinhos. Para evitar dor de cabeça, se mudou para um lugar mais afastado. Quando percebeu, já tinha 54 animais sob seus cuidados.

Desta vez, as queixas dos vizinhos levaram a uma denúncia oficial.

Mas quando os oficiais de serviços de animais bateram em sua porta, ficaram surpresos que ela conhecia o nome de cada um e sua história. E para deixá-los ainda mais impressionados, todos os animais estavam de casacos, alguns até de camiseta por baixo, já que o inverno naquele ano em Miami, por incrível que pareça – estava rigoroso.

Apesar de tudo isto, o que Gigi estava fazendo era ilegal e ela tinha duas alternativas: abandonar os animais no abrigo da cidade ou procurar um lugar que pudesse mantê-los todos oficialmente, ou seja, fundar um abrigo.

Voluntária alimentando os animais, que educadamente esperam sua vez.

E essa foi sua decisão. Mas não bastava ser mais um abrigo de animais. Gigi tinha um objetivo muito preciso: criar uma casa de repouso onde animais idosos, deficientes e com doenças terminais pudessem viver em paz seus últimos dias, semanas ou meses de vida – um “lar” para cães e gatos morrerem cercados de carinho, cuidado e muito amor.

E aos poucos, ela está conseguindo realizar seu sonho.

Quase toda manhã, seu dia começa com um telefonema do abrigo da cidade que está prestes a sacrificar um animal. Ela corre para salvá-lo e traz para seu galpão. O animalzinho às vezes dura poucas horas – mas no meio de outros órfãos, latindo e brincando, tem momentos felizes.

“Não tem luxo, caminhas cor-de-rosa – mas são bem cuidados”, diz a rainha dos animais carentes de Miami, que, com 38 anos, praticamente abdicou de sua vida para cuidar do seu canil em Hialeah, numa parte industrial da cidade.

Gigi tem muita fé em Deus e diz que essa é sua missão. Conta que quando veio para Miami não tinha noção que este seria o seu caminho.

No Brasil, ela tinha tudo: pais empresários, duas irmãs, uma casa bonita, empregados, carro, moto e sempre um churrasquinho no fim de semana. Mas faltava algo, não estava satisfeita.

“Li num livro espírita que quando você não sabe o que fazer de sua vida, deixa que Deus vai te dar uma luz”.

E assim foi.

Um dia, preencheu, sem muita fé, a loteria do Green Card, que daria direito a residência definitiva nos Estados Unidos. Colocou a carta no correio e pediu que se fosse para ela permanecer aqui que Deus lhe desse um sinal. Logo depois, sua mãe receberia em Niterói uma carta confirmando que Gisela havia sido sorteada.

Por coincidência, foi no dia que saiu o divórcio do homem com quem chegou noiva em Miami, e se casou aqui.

Teve outros relacionamentos, mas ainda não encontrou um companheiro que a entendesse como ela compreende seus tantos animais – cada um com sua individualidade e problemas.

Mas ela não desiste: “Tinha uma voz dentro de mim que dizia, aqui que você vai conseguir alguma coisa”, conta.

Gigi com Gordita, a primeira Chihuahua que tirou da rua

E é essa voz que lhe dá esperança de encontrar as duas coisas que faltam na sua vida: um grande amor para compartilhar sua paixão pelos animais e dinheiro para realizar seu maior sonho, que é transformar seu galpão num castelo de amor e compaixão – uma casa de repouso – com todo conforto, limpeza e cuidado — para os animais abandonados e idosos.

Hoje, com muita fé, Gisela joga na loteria toda semana e pede a Deus por um milagre, ou um anjo que traga condições dela continuar seguindo em frente com sua missão.

Para mais informações sobre Gigi’s Rescue, ou para fazer uma doação, ligue para Gisela Tacao, em Miami, no telefone gigisrescue ou visite:http://www.gigisrescue.com. Para ver mais fotos ou vídeos de cachorros e gatos para adoção ou acompanhar as novidades do Gigi’s Rescue e suas novas aquisições diárias, visite sua página no Facebook.

*No vídeo, Gigi Tacao, rainha dos animais abandonados em Miami, fala um pouco de sua luta, sucesso e seu conceito de felicidade: http://player.vimeo.com/video/46966685?

http://colunistas.ig.com.br/diretodemiami/2012/08/07/brasileira-e-a-rainha-dos-animais-abandonados-de-miami/

Anúncios
Sem categoria

33 comentários sobre “Brasileira é a rainha dos animais abandonados de Miami

  1. Parabéns Gigi, este é tbém um sonho que ainda pretendo realizar, caso um dia acerte na mega sena.

  2. Meus parabens!Voce e um anjo,que trabalho lindo que voce faz.Desejo a voce e seus filhinhos muita saude e sorte.Vc e uma pessoa admiravel.Abracos

  3. Você é uma pessoa rara! Que Deus a ilumine mais a cada dia e lhe retribua em dobro o bem que vc faz pra esses bichinhos! Obrigada pr vc existir!

  4. Você é das minhas! Ainda não posso salvar todos os que encontro, mas chegará esse dia, se Deus quiser! Deus lhe abençoe muito, fortaleça com vida, saúde, paciência, sabedoria, esperança.

  5. sei que não é preciso tanto, mais meu sonho é ganhar na loteria e comprar um sitio, e sair de carro pegando todos esses anjinhos perdidos nas ruas!

  6. achei linda sua história e tambem te achei uma pessoa muito corajosa e de uma luz interior muito forte voce é uma pessoa especial foi escolhida a dedo por DEUS para fazer tudo isso parabéns mesmo.

  7. PARABENS……PARABENS!!!!!ISSO E UM DOM DE DEUS….QUE SO PESSOAS DE ALMAS NOBRES PODEM ENTENDER…E VC E ISSO…UM SER DE LUZ DE ALMA NOBRE…..SE TODAS AS PESSOAS POR MENOR QUE FOSSEM SEUS GESTOS PARA AMENIZAR O SOFRIMENTO DE ALGUNS ANIMAIS O FIZESSEM …TALVEZ O MUNDO DE HOJE NAO ESTARIA TAO CHEIO DE CRIMINOSOS …ASSALTANTES…E OUTRAS COISAS MAIS…POIS OS ANIMAIS DISPERTAM SENTIMENTOS BONS…AS PESSOAS SE TORNAM MAIS AMAVEIS…MAIS PONDERADAS….MAS….ISSO E PRIVILEGIOS DE POUCOS NE!!!!….

  8. Deus não escolhe os capacitados,mas capacita os escolhidos.E você com certeza foi uma escolhida, parabéns pelo trabalho maravilhoso. Só o amor e o carinho desses animais podem pagar seu esforço.(Vieira)

  9. Estou aqui me acabando de chorar….que coisa mais linda meu Deus…essa mulher será grande em todos os sentidos.

  10. QUE LINNNDO EU AMOOO ESSES NOSSOS BICHINHOS QUE DEUS TE ILUMIONE SEMPRE PQ VC SABE QUAL É O REMEDIO PARA AS DORES NÉ????? É O AMOS QUE OS ANIMAIS LHE PROPORCIONAM!!!!!!!!

  11. Meu Deus!!! Que mulher maravilhosa!!!! Estou aqui de boca aberta lendo e vendo as fotos dessa matéria! Gigi vc é uma verdadeira ”rainha” mesmo, e saiba q Deus é contigo por onde vcs estiverem, apesar das dificuldades sabemos só de ver o teu lindo sorriso o quão gratificante é cuidar dos nossos animais!!!!!!!!! Bjãoooooooooooooooooooo mulher maravilha!!!!!!!!!!!!!

  12. EU AMARIA TER CONDIÇÕES DE FAZER O MESMO TRABALHO QUE VC FAZ,AMO! AMO! AMO! OS ANIMAIS TENHO 4 LINDAS MENINAS ,ME SINTO FELIZ DE SABER QUE AINDA EXISTE PESSOAS COMO VC, QUE DEUS A ABENÇÕE SEMPRE BJS.

  13. Amei sua história e admiro demais sua coragem, amor e determinação na causa pelos anjinhos peludos. Que Deus te abençoe imensamente. Você é um anjo de verdade!

  14. olá Gigi q linda essa sua paixao por esse amores!!!! tenho tres e daria a mha vida por eles…são a paixao da mha vida!!!! To c uma q saiu da clinica ontem dps d 3 dias internada…. q falta me fez….meu sonho é estar rodeada assim como vc na foto…eles sim amam d verdade!!!!!bjus…Parabéns linda!

  15. Como nao poderia deixar de chorar ….. vocee um pessoa especial Gigi. Esclhida por Deus, guiada e amparada por espirtos de luz que protegem os animais ….. Eu daria tudo pra ter condicoes de dar a estes anjos tao especiais, que nos ensinam o que e o amor de verdade, lealdade e a sermos pessoas melhores. Tenho 4 peludos, 3 rescues da rua …. um deles roubados para ter direito a uma vida melhor. E como e feliz e nos faz feliz …..Outro , corremos atras dele por quase uma hora, mas foi acolhido!
    Ainda vou ajudar a estes anjinhos como voce esta fazendo …
    Voce nao existe! Parabens, parabens!
    Agradeco a Deus por exstirem pessoas como voce. Vou entrar em contato para ser voluntaria …
    Que Deus a ampare elhe forcas para seguir sempre em frente….

  16. Com tristeza tenho que dizer que Gigi foi presa em Miami por estar cuidando de 50 cachorros velhinhos ela vai precisar de ajuda para um advogado, o problema de ser Brasileira e algo que contribui.

Os comentários estão desativados.