CCZ de Porto Velho (RO) cria cartilha para combater abandono de animais

15 de fevereiro de 2012 às 9:33

O Centro de Controle Zoonoses (CCZ), da secretaria municipal de Saúde (Semusa), criou uma cartilha de guarda responsável de animais domésticos. O material educativo foi criado por causa do grande número de animais, que são abandonados nas ruas de Porto Velho.

A cartilha contém orientações de cuidados, adoção, castração e vacinação de cães e gatos. Segundo o diretor do departamento do controle de zoonoses, Rodrigo Golin, a cada 10 cães capturados na rua, seis possuem coleira. “Isso prova o total descaso com os animais.

As pessoas têm que entender que eles são seres vivos e precisam de cuidados”, disse. Em 2011, mais de dois mil animais, entre cães e gatos foram capturados e removidos pelo CCZ. Golin informa ainda, que só em janeiro, o número chegou a 300 capturas. “A maioria dos bichos que chegam aqui, estão muito doentes e em muitos casos, eles não resistem pela falta de cuidados”, lamentou.

Todos os animais resgatados em vias públicas permanecem por cinco dias nos canis do CCZ. Se o tutor o quiser de volta terá que pagar uma taxa de R$ 52, prevista em lei municipal. Caso não apareça, os animais são encaminhados para adoção. Maltratar e abandonar animais é considerado crime, pela Lei de Crimes Ambientais (Lei 9605/98). O tutor pode receber multa e detenção de três meses a um ano, dependendo da gravidade do problema causado pelo abandono.

Castração

Desde junho do ano passado, o Centro de Controle de Zoonoses realiza o serviço de castração. Até hoje mais de 368 animais, entre cães e gatos, machos e fêmeas foram esterilizados. Este procedimento é feito para ajudar a diminuir a procriação desordenada e conseqüentemente, a superlotação de animais nas ruas. “Depois que iniciamos este processo de castração, dobrou o número de adoções aqui no centro, pois hoje as pessoas estão mais interessadas em animais que não dão mais cria”, afirmou Rodrigo Golin.

Vacinação
No dia 24 de março acontecerá a campanha anti-rábica em todos os bairros da capital. Além disso, a campanha também será feita na zona rural com o objetivo de a raiva canina e felina.

Fonte: Rondônia Dinâmica

Anúncios
Sem categoria