Educação vem de casa

Pag%2007%20foto17%2001-12-2011.jpg

Nas aulas em grupo os donos aprendem truques simples para educar seus cães. O adestramento é feito através do método de recompensa. / Divulgação

Criança mal educada desagrada não só quem está à volta, mas também os próprios pais que, quase sempre, são os culpados pelos comportamentos indesejados. O mesmo ocorre com os cães. Muitos donos esquecem de colocar limites enquanto o bichinho é filhote e depois querem que o animal “advinhe” o que a família espera dele. Outros esquecem de conviver com o cachorro que, acaba se comportando mal nos poucos momentos que tem com os membros da casa, seja pela euforia ou justamente pela falta de educação. O adestramento, especialmente aquele em que o próprio dono treina o animal, é uma importante ferramenta para garantir uma convivência saudável e harmoniosa entre o cão e a família, evitando frustrações e até mesmo o abandono.

Esse é o objetivo do curso em que a psicóloga especialista em comportamento animal, Christiana Bonorino, ensina o dono a educar seu cachorro de estimação. As aulas semanais incluem os comandos básicos, como “senta”, “deita”, “morre” e “junto”, e são feitas em grupos de 10 pessoas com seus respectivos cães. “Utilizamos o método de recompensa, em que o animal recebe um petisco quando obedece. Além disso, o exemplo dos que estão ao lado facilita o aprendizado, já que a tendência é que eles imitem uns aos outros”, explica a profissional.

O curso tem duração total de quatro semanas e os donos devem praticar em casa com os peludos. Segundo a especialista, o ideal é que os ensinamentos comecem a ser transmitidos antes dos quatro meses de idade, quando o filhote ainda não tem vícios. “Mudar um hábito é mais difícil do que implantar um comportamento sadio. No entanto, qualquer cão pode ser ensinado, mesmo já adulto”, diz Christiana.

Para a psicóloga, este tipo de adestramento, no qual o dono participa integralmente, atinge não só o objetivo principal, que é o de educar, como também torna os laços entre o indivíduo e o animal mais fortes. “Muita gente não conhece de verdade seu bicho de estimação, o que acaba acontecendo através desta aproximação. Os donos ficam mais orgulhosos e querem mostrar para todos o que o cachorro sabe fazer e, assim, o levam mais para passear, entre outras atividades”, afirma a especialista.

As aulas duram cerca de 40 minutos e podem ser frequentadas por cães de qualquer raça ou idade, desde que não sejam agressivos. A profissional, que conta com a ajuda de mais um especialista, ensina truques simples para que os donos conquistem a atenção e tenham o controle do cachorro. “Nunca tive um caso em que o cão não aprendesse”, garante Christiana, ressaltando que um animal bem educado é benefício para toda a família e evita, inclusive, que os donos desistam do companheiro por conta dos problemas de convivência. “Assim eles têm uma relação tranquila, o que reduz até o risco de abandono, já que, ao contrário de um filho, que quando apresenta alguma alteração de comportamento recebe tratamento, os animais muitas vezes são descartados”, lamenta a psicóloga.

Quem se interessou pelo serviço pode procurar ou obter mais informações na Mr. Bicho Chic, que fica no Shopping Estação Itaipava, na Estrada União e Indústria, nº 11.000, loja 103 A. Os telefones para contato são o (21) 9984-5057 e (21) 7839-7205.

FERNANDA SOARES
Redação Tribunahttp://www.e-tribuna.com.br/2012/index.php?option=com_content&view=article&id=25874&catid=42

Anúncios
Sem categoria