Após morte de cão, campanha pede maior punição contra maus-tratos

A morte do rottweiler Lobo em Piracicaba (160 km de São Paulo) impulsionou uma campanha na internet para pedir maior punição contra maus-tratos aos animais. Com a hashtag "#LeiLobo", internautas colocaram o assunto entre os mais comentados do Twitter na tarde desta quarta-feira.

Dona de cão sacrificado por engano ganha ação na Justiça de SP
Morre cão arrastado por quarteirões pelo dono em Piracicaba (SP)
Dono de cachorro arrastado em Piracicaba é multado

Arquivo pessoal
Ator Marcelo Médici e sua cadelinha; ator participa de campanha que pede maior punição a maus-tratos em animais
Ator Marcelo Médici e sua cadelinha; ator participa de campanha que pede maior punição a maus-tratos em animais

Participante da campanha, o ator Marcelo Médici ajudou a divulgar o abaixo-assinado em sua rede social. Segundo ele, é uma forma de mostrar aos políticos que a sociedade se importa com o assunto. "Você tem que retuitar, tem que divulgar, porque senão o assunto fica obscuro", disse.

O cachorro foi arrastado preso ao carro do dono por vários quarteirões, no último dia 2, em Piracicaba. Ele chegou a ter uma das patas dianteiras amputadas e ficou internado em uma clínica sob os cuidados da ONG Vira-Lata Vira-Vida.

Em nota divulgada em seu site, a ONG afirma que Lobo morreu por "complicações no quadro clínico". A Vira-Lata Vira-Vida informou ainda que não há data prevista para o enterro e que o corpo do cachorro ficará no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) até determinação da Justiça.

ACIDENTE

Segundo duas testemunhas ouvidas pelo delegado Wilson Sabino, o cachorro estava preso por uma corda ao carro do dono, o mecânico Claudio César Messias, quando foi arrastado. Avisado, Messias disse que iria

"acabar de matar" o animal, mas, após reação de moradores da região, deixou o local.

Miriam Miranda-03nov2011/Divulgação
Rottweiler Lobo morreu dias após após ser arrastado por carro em Piracicaba (SP)
Rottweiler Lobo morreu dias após após ser arrastado pelo dono em Piracicaba (SP)

Em depoimento, Messias negou que tivesse intenção de machucar Lobo. Ele afirmou que tinha saído para passear com o animal na caçamba do carro e não viu quando ele caiu. Ao ver o estado do cão, achou que ele estava morto, ficou nervoso e foi embora.

"Ele imaginou que o animal não ia sobreviver. Não posso afirmar se houve intenção, mas de qualquer forma ele foi imprudente", disse o delegado na ocasião. Segundo ele, em casos desse tipo não há indiciamento, apenas um encaminhamento para que a Justiça decida o que deve ser feito.

O advogadode Messias, José Silvestre, pretende apresentar à Justiça comprovação da boa relação do proprietário com o cachorro, mostrar que não há antecedentes de agressão e que o passeio com o animal na caçamba já havia ocorrido outras vezes, sem causar lesões ao cão.

MULTA

A Polícia Ambiental de Piracicaba aplicou no último dia 9 uma multa de R$ 1.500 a Cláudio Messias.

Segundo o sargento da Polícia Ambiental Domingos Bertuolo, a autuação por mutilação de animal doméstico teve como base um laudo veterinário. "Não avaliamos a culpa dele. O que importa é que houve um resultado mutilador no animal, que sempre deve ser evitado pelo proprietário", afirmou.

O advogado de Messias disse que irá recorrer da multa –por não ser adequada aos rendimentos do mecânico– e que seu cliente está passando por um linchamento público. "Ele já foi dado como criminoso antes mesmo de ser ouvido. Somos favoráveis a se apurar o que aconteceu, mas ele não teve oportunidade de se defender", disse Silvestre

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1007693-apos-morte-de-cao-campanha-pede-maior-punicao-contra-maus-tratos.shtml

Assinem a Petição: http://peticaopublica.com.br/?pi=P2011N16665

Anúncios
Sem categoria

Um comentário sobre “Após morte de cão, campanha pede maior punição contra maus-tratos

  1. Minha pit bull esta com papa virose… Estou com muito medo pq ela ja tomou a vacina, o medicamento e msm assim ela esta tocindo, corisando, so quer ficar deitada dormindo, nao quer comer e ela nao era assim! Me falaram q se o cachorro morre o virus continua na casa e nao pode criar outro cachorro durante um bom tempo, mas se ele ficar melhor nao tem risco dela ficar doente de novo!?

Os comentários estão desativados.