Preparado para o dia das bruxas!!!

Anúncios

Sabe aquele dia…..risos.

Sabe aquele dia em que você "está tão feliz"?

E, de repente…
Você leva aquela"lavada" ? …
Que te deixa completamente "alucinado"?! …
(Qualquersemelhança é mera coincidência)


Mas… Não fique assim…
Mostre que é superior…

Não permita que estraguem
a sua Semana:


Vai pra Casa, troca de roupa …

Encontre uma pessoa querida…

Encontre OS amigos…

Não se esconda de ninguém…

Porque há pessoas que te querem bem….

Que fazem questão de te encontrar….

Para saber se VC está bem…

prá te encontrar livre, leve e solto(a) …..

Ou, quem Sabe, às vezes, meio desconfiado (a)…

Ou até mesmo sossegado (a)…


Independente DA companhia que pintar…

Seja ele ou ela…
Relaxe e…

Aproveite o dia !!

"Quem tem amigos, nunca está sozinho"

Que Deus te ilumine!

Lógica de cachorro

A razão de um cachorro ter tantos amigos

é que ele abana o rabo em vez da língua.

(Anônimo)


Não há nenhum psiquiatra no mundo igual a um filhote de cachorro,

que lambe a sua face nos seus momentos de desespero.
(Ben Williams)


Um cachorro é a única coisa na terra
que o ama mais que a elemesmo.


O cachorro comum é mais agradável que a pessoa comum.

(Andy Rooney)


A pessoa que não conhece o gosto do sabão,
nunca lavou um cachorro.

Franklin P.. o Jones


Se seu cachorro for gordo é porque
você não está brincando com ele

(Desconhecido)

Se você apanha um cachorro faminto e o alimenta, ele não o morderá;
esta é a principal diferença entre um cachorro e um homem.

(Mark Twain)


Cachorros não são eternos na nossa vida,
mas eles fazem nossas vidas eternas.

(Roger Caras)


Se você pensa que cachorro não sabe contar,
coloque três biscoitos de cachorro em seu bolso
e lhe dê apenas dois

(Phil Pastoret)

A razão de você estar recebendo este email

é porque os cachorros

podem farejar uma pessoa legal de longe!

E os filhotes ? – 12 razões para adotar um animal adulto

bicharada3.jpg

Enquanto cães e gatos filhotes são doados facilmente, os animais adultos costumam encalhar em instituições de proteção animal ou em hotéis pagos por protetores independentes. Nós já sabemos que os bebês são fofos e irresistíveis, mas também existem inúmeros motivos para optar por um bichinho já maduro.

+ Veja também Solidão canina: saiba como evitar ou acabar com o sofrimento da ansiedade por separação

Se você está pensando em levar para casa um novo membro da família, que tal aprender um pouco mais sobre o comportamento deles e saber qual o perfil ideal para você? Conversamos com especialistas no assunto e com pessoas que adotaram cães e gatos adultos para saber todos os benefícios de levar para casa um animal que também deve ter chance de um lar feliz. Confira!

bicharada2.jpg

1. Os animais adultos já têm uma personalidade definida e dificilmente eles mudam de comportamento sem nenhuma razão. Por isso você já sabe se ele é calmo, brincalhão, se convive bem com crianças, se é medroso, entre outras características. No caso dos filhotes tudo é uma surpresa. Você não sabe como ele será quando amadurecer.

2. Principalmente no caso dos vira-latas você já sabe o tamanho que ele vai ficar, pois não irá mais crescer quando adulto.

3. O animal adulto dá menos trabalho com relação a comportamento, como, por exemplo, xixi fora do lugar. Quando eles amadurecem começam a sentir nojo e, por isso, são mais limpos que os filhotes.

4. Os adultos não têm necessidade e nem tendência para destruir objetos da casa ou comer o sapato do dono como os filhotes.

5. O cão aprende com qualquer idade, então mesmo que ele seja adulto e tenha algum problema comportamental é possível sim resolver a questão com treinamento.

6. Outro benefício em adotar um animal adulto é poder escolher um companheiro de acordo com o perfil do dono. Assim como os seres humanos, os animais também têm suas qualidades e seus defeitos, então você pode escolher o animal ideal para você, com seus problemas ou com seus atributos.

bicharada1.jpg

7. Enquanto os filhotes querem correr, escalar, desvendar a nova casa, os animais adultos preferem passar seu tempo com o dono e com a família. Se você não tem paciência para as estripulias de um bebê o ideal é um cão ou gato já maduro.

8. Animais adultos, principalmente os que foram resgatados das ruas e de maus tratos, costumam ser muito gratos aos donos. De alguma maneira eles sabem que agora estão em segurança. São verdadeiros companheiros, obedientes e parecem sempre olhar os donos com gratidão. Até animais mais bravos, quando chegam nos novos lares, passado o tempo da desconfiança, viram gatinhos calmos, que veneram seus donos.

9. Os gastos com um adulto são menores. Enquanto os filhotes precisam de reforços de vacina os adultos precisam apenas de uma dose anual. Além disso, geralmente eles já estão castrados e vermifugados, o que reduz ainda mais os gastos.

10. As pessoas dão preferência a adotar os filhotes. Assim, os velhinhos ficam encalhados em abrigos para animais. Se você gosta mesmo de cães e gatos só essa já seria uma boa razão para adotar um bichinho adulto.

11. Animais adultos se adaptam facilmente à nova família.

12. Cães e gatos adultos são mais independentes e, por isso, requerem menos atenção e cuidados do que um filhote. Se quer liberdade total opte por um animal maduro.

Fontes consultadas:
Patrícia Patatula
, adestradora e consultora comportamental do Cão Cidadão
Susan Yamamoto e Juliana Bussab, da ONG Adote um Gatinho
Carolina Carnicelli, empresária que adotou dois cães adultos, a Gilda e a Polaina
Marina Antzuk, administradora da ONG Clube dos Vira-Latas
Renata, mãe de duas crianças e do gato (recém-adotado) Sansão, de 8 anos

A medida de amar é amar sem medidas!!!!!!!!!!!i.p.emlove.gifi.p.emmusic.gif

Amizade antiga! Novas descobertas sugerem: Cão é melhor amigo do homem há 30 mil anos!!!

Achei na web e repasso pra nós! Fonte: EM notícias

Análise de fósseis encontrados na República Tcheca corrobora tese de que a domesticação dos cães começou ainda no período Paleolítico.

Brasília – Muito antes de os novíssimos cães de bolso ganharem fama, o melhor amigo do homem já fazia parte do cotidiano da sociedade. Em um estudo divulgado este mês, cientistas de três países analisaram fósseis caninos encontrados onde hoje é a República Tcheca e concluíram que os cachorros convivem com os humanos desde o período Paleolítico, há cerca de 30 mil anos. A pesquisa confirma resultados de dois artigos anteriores e derruba a tese de que esses animais só teriam sido domesticados depois da última era glacial, 14 mil anos atrás. Mais que isso: os pesquisadores acreditam que, além de antiga, a relação com o companheiro de quatro patas foi essencial para a evolução do Homo sapiens. (…)

(…) Para a professora Susan Crockford, da Universidade de Victoria, no Canadá, essa amizade começou por interesse, mas se fortaleceu devido ao misticismo dos povos pré-históricos. (…) Com o passar do tempo, a importância religiosa do melhor amigo do homem ficou ainda maior. (…) Todas essas análises e observações, porém, não explicam por que os humanos deixaram que os primeiros lobos se aproximassem. Afinal, as duas espécies eram concorrentes na busca por alimentos — uma tarefa que não devia ser nada fácil no ambiente pré-histórico.

A cientista Pat Shipman, da Universidade de Penn State, na Pensilvânia, credita o começo dessa relação ao conhecimento que os homens acumularam ao observar os animais e à confiança que eles adquiriram com esse aprendizado. “Acho que alguém provavelmente trouxe um filhote de lobo para casa, e isso deve ter acontecido várias vezes”, especula Pat, uma das maiores especialistas em ecologia de ambientes antigos. “Ninguém pensou em criar os bichos, mas, com o passar do tempo, surgiu um sistema no qual ‘bons’ filhotes, ou menos agressivos, passaram a ser alimentados e protegidos, enquanto os outros foram mortos e, talvez, comidos”, detalha.

Pat Shipman vai ainda mais longe. Para ela, esses animais acabaram contribuindo para que os humanos desenvolvessem a linguagem. Em um artigo publicado em maio na revista New Scientist, Pat aponta que uma das primeiras formas de comunicação, a pintura rupestre, se concentrava em registrar momentos dos homens com seus animais domesticados — aí entram outros que surgiram depois, como ovelhas e bichos de carga, por exemplo. “A antiga associação entre o Homo sapiens e os cachorros foi um bom negócio para ambas as espécies. Mesmo que os animais não vivessem dentro de casa, mantê-los em assentamentos foi uma grande vantagem”, diz a especialista.

Os cientistas analisaram três crânios dos cães de Predmosti. “Eles têm a cabeça significativamente mais curta do que a dos fósseis de lobos e o focinho também é menor. Além disso, a caixa craniana e o palato são maiores em relação aos dos parentes selvagens”, descreve Mietje. O que mais comoveu os pesquisadores, no entanto, não foi a confirmação de que as ossadas eram de cachorros pré-históricos, e sim a provável relação entre os animais e os humanos daquela época. Um dos bichos foi enterrado com um grande osso na boca, o que indica a prática de rituais com os amigos de quatro patas. “Os elementos religiosos (que encontramos) apontam uma profunda conexão entre homens e cachorros”, comenta Mikhail Sablin, pesquisador russo que também participou do estudo.

Continue a ler clicando aqui.Vale a pena, a matéria é muito interessante!

MaeDeCachorro?d=yIl2AUoC8zA MaeDeCachorro?d=YwkR-u9nhCs MaeDeCachorro?d=qj6IDK7rITs
hEOo24VRbeU?utm_source=feedburner&utm_medium=email

Chairman Meow, o gato revolucionário! Mais um exemplo de como podemos ajudar nosso próximo =o)

Posted: 31 Oct 2011 03:00 AM PDT

Achei na web mais uma iniciativa interessante (a última foi o vídeo “Vai lá e faz” das meninas e do Pingo). Aí vai!

Por conta de um gato doente herdado em uma longa história, a americana Wendy Chao decidiu criar um site para angariar fundos e pagar o tratamento do felino, ainda em 2003. Oito anos depois, com o gato saudável, a página continua no ar e faz alerta contra a Bartonella felina, além de doar os ganhos para o resgate de gatos de rua. (…)

Além disso, a dona faz e vende camisetas com uma reprodução estilizada do gato, que, com uma boina à cabeça, se assemelha bastante a outro revolucionário, o argentino Che Guevara. Os interessados em ajudar podem ainda comprar brinquedos feitos a mão para felinos. São reproduções de tradicionais comidas chinesas, como gyoza e rolinho-primavera, feitos todos de lã por ela mesma.

"Eu não ganho dinheiro com isso, é algo que faço simplesmente porque gosto", conta Wendy, que é bióloga especializada em epigenética e também artista plástica. Questionada sobre como conciliar as atividades, ela brinca. "Não acho que o Chairman Meow atrapalhe meu trabalho. É o trabalho, na verdade, que interfere e torna difícil fazer mais coisas pelos gatos", afirma. Fonte e matéria completa: G1

Assistam ao lindo querendo pegar uma borboleta recém-nascida, hehe. #coisasdegatos!

MaeDeCachorro?d=yIl2AUoC8zA MaeDeCachorro?d=YwkR-u9nhCs MaeDeCachorro?d=qj6IDK7rITs
wpoRE34jXpc?utm_source=feedburner&utm_medium=email

Hoje: Cãozinho Snoopy ajuda crianças da África em comemoração a seus 60 anos!

Posted: 30 Oct 2011 02:00 AM PDT

Tenho um carinho especial pelo Snoopy porque foi o nome que escolhi para o Tóto, meu primeiro amor canino. Tudo bem que não durou nada, já que toda hora eu esquecia o nome e então mudei pra Tóto, muito mais original, kkk.

Agora o querido personagem de desenho está de aniversário – são 60 aninhos – e vejam que legal esta iniciativa de Portugal para ajudar crianças africanas através da venda de estátuas do Snoopy:

As estátuas que integram a Snoopy Parade Lisboa, em exposição no Amoreiras Shopping Center, e os peluches vestidos por estilistas portugueses, que podem ser vistos no Festival Internacional de BD da Amadora, serão leiloados no próximo domingo, dia 30 de Outubro. Este leilão é o culminar das comemorações dos 60 anos do Snoopy, o cão da banda desenhada mais famoso do mundo, e 100 por cento do valor angariado reverterá para a UNICEF e para o seu programa Escolas para África.

Continue lendo clicando aqui.

MaeDeCachorro?d=yIl2AUoC8zA MaeDeCachorro?d=YwkR-u9nhCs MaeDeCachorro?d=qj6IDK7rITs
QYo-kZ3AJcA?utm_source=feedburner&utm_medium=email

Nova animação de Tim Burton e da Disney tem cachorro “Frankenstein” como tema!

Posted: 29 Oct 2011 03:00 AM PDT

frankenweenie

No começo da carreira Tim Burton criou um curta metragem para a Disney chamado ‘Frankenweenie’. A película era uma releitura modernosa do clássico Frankenstein e conta a história um menino – Victor Frankenstein – totalmente devotado a seu amado cãozinho Sparky que o traz de volta à vida depois que o peludo morre tragicamente. Clique aqui para assistir o filme original, de 1984.

Agora a Disney e Tim Burton trazem de volta à vida o próprio Frankenweenie, literalmente! Smile

A animação estreará em outubro de 2012 e será toda em preto e branco.

MaeDeCachorro?d=yIl2AUoC8zA MaeDeCachorro?d=YwkR-u9nhCs MaeDeCachorro?d=qj6IDK7rITs

You are subscribed to email updates from Mãe de Cachorro

CADELA É BALEADA EM ASSALTO PARA PROTEGER FAMÍLIA/Araçatuba/SP

Cadela evita roubo e é baleada em Araçatuba, SP

Homem armado tentou invadir uma casa, mas foi impedido pelo cão.
Moradores tinham sido rendidos pelo ladrão.

Do G1 SP, com informações da TV Tem

50 comentários

Cadela Maggie, da raça sharpei, se recupera em clínica veterinária (Foto: Reprodução/TV Tem)Cadela Maggie, da raça sharpei, se recupera em clínica veterinária (Foto: Reprodução/TV Tem)

A cadela ‘Maggie’, da raça sharpei, que enfrentou dois bandidos durante um assalto virou heroína em Araçatuba, a 527 km de São Paulo. Maggie tem 3 anos e uma coragem que impressiona. O bandido armado já tinha rendido a família quando ela atacou. Foram momentos de muito medo. A cadela acabou baleada.

As marcas de sangue ainda estão no chão da casa. O assaltante fugiu sem levar nada. E, antes mesmo de chamar a polícia, a família socorreu a cadela. O veterinário que estava de plantão percebeu que a situação era grave.

Ela está debilitada. Por isso, deve ficar em observação por pelo menos uma semana. Mas os veterinários acreditam que a recuperação dela será bem rápida. Quando voltar para casa, Maggie receberá muito carinho, promete a família.