Guarda municipal de Barra Mansa é detido por atear fogo em cão

De: VIRA-LATA <contato>
Data: 21 de setembro de 2011 08:23
Assunto: Guarda municipal de Barra Mansa é detido por atear fogo em cão

Para: gabinete.prefeito, natagm2011

Volta Redonda/RJ, 21 de setembro de 2011.

Amigo,

É com muita indignação que repassamos a matéria abaixo, do Jornal Diário o Vale.
Estamos acompanhando o caso e não deixaremos que passe em branco.
Este triste episódio nos mostra a importância do artigo 32 da Lei Federal 9.605 ser alterado sim! Mas para aumentar a pena para bandidos como o Capitão Frankilin de Carvalho.
Pedimos que escrevam, com cópia para o Vira-Lata, para o prefeito de Barra Mansa José Renato Bruno Carvalho e para o Comandante Carlos Natanael Geremias, da Guarda Municipal de Barra Mansa, mostrando sua indignação e pedindo o afastamento deste sujeito, pois não queremos assassinos, disfarçados com seus uniformes, trabalhando para " garantir" a ordem e o bem estar de nossa sociedade.

Emails:

gabinete.prefeito
natagm2011
contato

A notícia:

Volta Redonda

O Guarda Municipal de Barra Mansa GERSON DOS SANTOS LEITE, de 46 anos, foi detido na tarde de ontem (19), na Rua Capitão Franklin de Carvalho, no bairro Santa Cruz, em Volta Redonda, onde mora, suspeito de atear fogo num cachorro em uma praça.

O guarda foi denunciado por populares que acionaram a Polícia Militar. De acordo com informações registradas na delegacia, ele teria usado um maçarico alimentado por um botijão de gás e apresentava sinais de embriaguez.

Acompanhe as notícias do DIÁRIO DO VALE também pelo Twitter.

Segundo informações da polícia, Gerson foi autuado por maus tratos a animais, prestou depoimento e foi liberado. Ele responderá em liberdade, e se for condenado pode pegar até nove meses de prisão.

Anúncios

Cuidados com os peludos no tempo quente e seco!


Brasília está há 100 dias sem chuva! A notícia me deu vontade de fazer um post com dicas sobre como cuidarmos melhor dos peludos em climas secos e quentes, pois eles sofrem muitas vezes até mesmo mais do que nós. Imagine ter pernas mais curtas e estar muito mais próximo do calor que sobe do solo e ainda ter o corpo inteirinho coberto por pelos! Como sempre, cães e gatos braquicéfalos sofrem mais e podem até morrer, como aconteceu com o pug Santiago após uma viagem aérea onde ficou horas sem os cuidados necessários para manter a temperatura corporal equilibrada. Espero que seja útil!

Saiba o que é normal

  • Gengivas devem ter um cor rosada e saudável: pressione gentilmente um dedo contra a gengiva do cão ou gato e a cor normal deve voltar em dois segundos.
  • Pets sofrendo de ataque cardíaco apresentam gengivas de um vermelho intenso.
  • Cães, gatos e até aves ofegam para manter suas temperaturas corporais. Fique alerta se seu pet começar a fazer barulho ao inalar/expirar ou, pior ainda, caso ele apresente dificuldade para respirar (como mostra o vídeo do pobre Santiago, que morreu pouco depois).

Primeiros sinais de superaquecimento

  • O animal ofega de maneira muito rápida;
  • Seus olhos ficam apáticos e sem vida;
  • Ele começa a babar, a agir de maneira confusa e parece procurar a própria sombra, fica inquieto, andando e tentando se ajeitar e deita-se com as pernas traseiras abertas para trás, como um sapo (veja a foto). Esta posição pode causar problemas nas juntas e provocar estresse muscular.

Dicas para refrescar seu peludo

  • Mantenha bacias com água pela casa (embaixo dos móveis, se quiser evitar tropeções e água por todos os lados) para aumentar a umidade do ar.
  • Você também pode adicionar gelo às bacias de água.
  • Aliás, oferecer cubos de gelo aos peludos é uma boa, pois é uma brincadeira que no fim os mantém mais hidratados (funciona melhor com cachorros). Assista ao vídeo do “brinquedo petisco” no fim deste post.
  • Se possível, use umidificadores de ar nos cômodos onde seu peludo circula.
  • Água limpa e fresca em abundância para os peludos não preciso nem lembrar, né?
  • Casinhas sob o sol? Nunca, nem no inverno! Casinhas devem estar sempre sob a sombra, protegidas ao máximo de chuva e vento.
  • NUNCA deixe seu cão ou gato sozinho no carro parado, mesmo que sob a sombra. A temperatura dentro dos veículos pode subir rapidamente e ser fatal.
  • Bote uma toalha úmida (não encharcada!) por cima do seu cão, mas tenha o cuidado de garantir que depois ele ficou bem seco, porque pelo e pele úmidos são um prato cheio para fungos e bactérias.
  • Não submeta seu cão a atividades físicas em horários mais quentes e nem por longos períodos.
  • Se você tem cães e gatos de focinho curto, encurtado ou achatado, clique aqui, pois eles precisam de cuidados redobrados.
  • Mantenha seus pets PELADOS e considere tosas de verão, mas converse com um bom tosador, porque algumas pelagens possuem um isolamento que mantém os animais refrescados.
  • Cuidado com choques térmicos! Não enfie seu cachorro subitamente na água gelada. Volte à dica da toalha e vá acostumando o corpo dele à nova temperatura, só depois dê o banho completo.
  • Cuidado com as patas: se o chão está quente para você andar descalço, estará tão quente quanto para as patas dos peludos!
  • Atividades na grama são bem-vindas.
  • Sua casa tem muitos tapetes? Hora de deixá-los de lado para refrescar o ambiente e oferecer mais superfícies geladinhas para os peludos esfriarem a barriga!
  • Escove seu pet com regularidade, já que a escovação estimula a produção das glândulas sebáceas presentes nos pelos, o que evita o ressecamento da pele.
  • Converse com seu veterinário sobre a possibilidade de fazer nebulização em seu amigo de patas.
  • Ar-condicionado refresca, mas também pode ressecar muito o ar. Se for o caso do seu, abuse das bacias de água ou dos ventiladores.
  • Tem dinheiro pra investir? Existem camas e outros produtos “refrescantes” para cães, clique aqui para conhecer alguns!!! E aqui também (achei tão legal!).
  • DICA TOP: uma maneira simples e fácil de resfriar camas é congelar garrafas pet com água dentro, enrolá-las em uma tolhas e colocá-las nas camas dos peludos!
  • Descobri até ventilador para caixas de transportes, vejam acessando este link!

Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe.

Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.
QMf8llpnze4?utm_source=feedburner&utm_medium=email