Calendário Vira-Lata 2011

Ano passado conheci a Luli porque divulguei o calendário Celebridade Vira-Latas, mas foi só este ano, com a vinda do Tiago Ferigoli a Floripa, que ficamos realmente amigas, daquelas de passar horas no msn rindo e falando besteira e de sentir uma empatia tão grande que faz parecer que nos conhecemos há anos. Então desta vez tive a honra de acompanhar de perto a confecção (e os dramas relativos a ela) da nova edição do calendário Celebridade Vira-Latas e é com muito orgulho que divulgo mais uma vez um trabalho simplesmente magnífico em toda sua extensão, de janeiro a janeiro e desta vez com uma novidade, uma super entrevista da Luli pra gente.

Boa leitura e boas compras! ;-D

luli%5B22%5D.png?imgmax=800
Mãe de Cachorro: Como surgiu a ideia do calendário? Quem é a moça por trás do Celebridade Vira-Lata?
Luli: "Eu nasci amando os animais e tive a benção da minha mãe ter me proporcionado crescer com eles. Então fui crescendo e pensando em como eu poderia retribuir a felicidade que eles me traziam. Achava pouco só respeitá-los, dar água, comida, banho, cuidar. Via as protetoras se ralando por eles e pensava: ‘Eu não posso fazer isso, meus pais nunca aceitarão e eu vou ter problemas sérios se embarcar na causa desse jeito. Preciso manter administrável a ajuda.’ E seguia pensando. Um dia, comprei um calendário de Goldens Retrievers, lindo e super caro. Eu tinha uma vira-lata, a Magnólia (falecida aos 15 anos em 2004) e pensei na hora, por que não tem um desses de cães SRD? Vou fazer um (isso foi em 2001 ou 2002) e doar o dinheiro arrecadado pra causa!"
Mãe de Cachorro: Além da presença do cãozinho adotado no “Projeto Leva Eu” que faz parte do calendário 2011, quais as diferenças desta nova edição quando comparada à de 2010?
Luli: "O layout mudou muito e cães deficientes também estão representados – são dois – mas ainda não consegui incluir os gatinhos. Como estou com mais coragem, imprimi uma tiragem maior esse ano, o que barateou o custo unitário do calendário, então eu melhorei o formato e o acabamento. Também lancei o calendário de mesa. Outra novidade foi que este ano trabalhei com três fotógrafos super legais e especializados em fotografia de pets. Um deles é um dos pioneiros neste tipo de fotografia, o Lionel Falcon. Os outros foram as meninas do FotoPets, daqui de São Paulo, e as irmãs do Cão em Quadrinhos, de Porto Alegre. Tenho mais mil ideias, mas ainda não tenho estrutura e capital para implementá-las, então, vou melhorando um pouquinho a cada ano."
Mãe de Cachorro: Qual sua relação pessoal com a proteção animal?
Luli: "Sou voluntária na Natureza em Forma, uma associação idealizada, fundada e presidida por Lito Fernandez e dirigida pela Angélica Perez. Eles são meus mentores no assunto e aprendo muito com eles, mas não estou lá direto. Ajudo disponibilizando o calendário e depois realizo os mutirões de castração em nome da associação, patrocinados pelo Celebridade."
Mãe de Cachorro: Como você consegue ser independente e trabalhar em parceria com ONGs?
Luli: "Gosto de liberdade e gosto de não pedir nada pra ninguém também. Por isso, não quis abrir uma associação e resolvi fazer um produto que as pessoas comprassem e eu entregasse. Conheci algumas ONGs aqui em SP, mas não tive ‘aquele’ link com ninguém. Admirava e respeitava o trabalho, mas não tinha o impulso de dar as mãos para trabalhar juntos. Até que conheci o Lito e a Angel e a empatia foi imediata. ‘Do nada’ adquirimos uma relação de confiança e ninguém falhou com nada em momento algum. Então posso dizer que foi por sorte, Deus me direcionou até eles para eu poder fazer meu trabalho de ajuda aos animais sob a orientação de gente muito mais experiente do que eu."
Mãe de Cachorro: Por que utilizar a verba arrecada com o calendário em mutirões de castração?
Luli: "Como me ensinou o Lito da Natureza em Forma, a castração é um benefício direto e vitalício para o animal. A castração é a principal necessidade para promover o equilíbrio social para a população de humanos e animais e o primeiro benefício que um animal fora da vida selvagem precisa receber. Infelizmente o CCZ de São Paulo limita o número de castrações gratuitas a 10 animais por CPF (isso é para evitar colecionadores de animais, mas eu discordo da regra porque a necessidade da castração é para todos os animais), e quem está ajudando enfrenta dificuldades. Além disso, há veterinários que, na minha opinião, deveriam perder o CRMV, porque recomendam a injeção anticoncepcional, porque recomendam que cadelas/gatas tenham cria e porque falam que a proteção animal quer a castração só por conta da questão do controle populacional. Só que quando falamos em castração, falamos em saúde física do animal, que não vai morrer de câncer (e o tutor não vai gastar fortunas com tratamento e cirurgia) etc. e de equilíbrio emocional. É simples: o que é melhor, viver estressado, ou viver em paz? Tenha dó, né? Castração não é assunto polêmico, é um consenso entre os amantes dos animais. E tem gente que usa o status de médico pra deixar os clientes inseguros em relação à castração? Não dá!"
Mãe de Cachorro: Conte algo sobre as estrelas deste ano, alguma história engraçada das sessões de fotografia!
Luli: "Ah, as historinhas são muito legais, mas tem uma, da Filomena (que está na capa do calendário, aliás), que é especial. Os pais dela inventaram uma raça pra ela deixar de sofrer preconceito por ser SRD! A raça é Tsascobernauss e eles inventaram história da criação, brasão da família criadora, chegaram a fazer um site (já tiraram do ar), e várias pessoas comentavam que a raça era excelente, chique, hahahaha, foi muito bom! Humanos são bobinhos e eles brincaram muito com isso."
Mãe de Cachorro: Com os recursos financeiros de 2010 você castrou 400 animais. Quais suas expectativas para o ano de 2011?
Luli: "É difícil falar em metas, mas claro que temos uma expectativa, que é a castrar de 600 animais em 2011. É ousado, mas queremos muito, e acredito que será possível (morro de ansiedade ao pensar nisso)."
Mãe de Cachorro: Como as pessoas podem adquirir o Celebridade Vira-Latas de 2011?
Luli: "Via internet, no site www.celebridadeviralata.com.br, com envio para todo Brasil; nos eventos do Natureza em Forma (atualmente no Matilha Cultural e no Santana Parque Shopping, com o ‘Projeto Leva Eu’) e na Wallaby Surf Café no Brooklin. Também estou estudando como ampliar parcerias com outros pontos de venda. Vou atualizar sempre a seção ‘como comprar’ no site."
Mãe de Cachorro: Algum recadinho para os leitores do Mãe de Cachorro?
Luli: "Que estão de parabéns em frequentar o blog para se informar sobre o universo dos peludos. Desde que comecei com esse trabalho percebi que muita gente legal e que ama mesmo seu animal ainda erra demais nos cuidados com ele por falta de informação (a questão da castração é um excelente exemplo)."

Escolhi algumas das fotos que a Luli me mandou para mostrar a vocês, mas ela também já disponibilizou todas lá na página do Celebridade Vira-Lata no Facebook. Para comprar o calendário clique aqui. A versão para mesa custa R$23,00 + frete e a de parede custa R$21,00 + frete.


Fonte:
http://www.maedecachorro.com.br/2010/10/calendario-celebridade-vira-lata-2011.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+MaeDeCachorro+(M%C3%A3e+de+Cachorro+Tamb%C3%A9m+%C3%A9+M%C3%A3e!)

Anúncios
Sem categoria

Calendário Vira-Lata 2011

Ano passado conheci a Luli porque divulguei o calendário Celebridade Vira-Latas, mas foi só este ano, com a vinda do Tiago Ferigoli a Floripa, que ficamos realmente amigas, daquelas de passar horas no msn rindo e falando besteira e de sentir uma empatia tão grande que faz parecer que nos conhecemos há anos. Então desta vez tive a honra de acompanhar de perto a confecção (e os dramas relativos a ela) da nova edição do calendário Celebridade Vira-Latas e é com muito orgulho que divulgo mais uma vez um trabalho simplesmente magnífico em toda sua extensão, de janeiro a janeiro e desta vez com uma novidade, uma super entrevista da Luli pra gente.

Boa leitura e boas compras! ;-D

luli%5B22%5D.png?imgmax=800
Mãe de Cachorro: Como surgiu a ideia do calendário? Quem é a moça por trás do Celebridade Vira-Lata?
Luli: "Eu nasci amando os animais e tive a benção da minha mãe ter me proporcionado crescer com eles. Então fui crescendo e pensando em como eu poderia retribuir a felicidade que eles me traziam. Achava pouco só respeitá-los, dar água, comida, banho, cuidar. Via as protetoras se ralando por eles e pensava: ‘Eu não posso fazer isso, meus pais nunca aceitarão e eu vou ter problemas sérios se embarcar na causa desse jeito. Preciso manter administrável a ajuda.’ E seguia pensando. Um dia, comprei um calendário de Goldens Retrievers, lindo e super caro. Eu tinha uma vira-lata, a Magnólia (falecida aos 15 anos em 2004) e pensei na hora, por que não tem um desses de cães SRD? Vou fazer um (isso foi em 2001 ou 2002) e doar o dinheiro arrecadado pra causa!"
Mãe de Cachorro: Além da presença do cãozinho adotado no “Projeto Leva Eu” que faz parte do calendário 2011, quais as diferenças desta nova edição quando comparada à de 2010?
Luli: "O layout mudou muito e cães deficientes também estão representados – são dois – mas ainda não consegui incluir os gatinhos. Como estou com mais coragem, imprimi uma tiragem maior esse ano, o que barateou o custo unitário do calendário, então eu melhorei o formato e o acabamento. Também lancei o calendário de mesa. Outra novidade foi que este ano trabalhei com três fotógrafos super legais e especializados em fotografia de pets. Um deles é um dos pioneiros neste tipo de fotografia, o Lionel Falcon. Os outros foram as meninas do FotoPets, daqui de São Paulo, e as irmãs do Cão em Quadrinhos, de Porto Alegre. Tenho mais mil ideias, mas ainda não tenho estrutura e capital para implementá-las, então, vou melhorando um pouquinho a cada ano."
Mãe de Cachorro: Qual sua relação pessoal com a proteção animal?
Luli: "Sou voluntária na Natureza em Forma, uma associação idealizada, fundada e presidida por Lito Fernandez e dirigida pela Angélica Perez. Eles são meus mentores no assunto e aprendo muito com eles, mas não estou lá direto. Ajudo disponibilizando o calendário e depois realizo os mutirões de castração em nome da associação, patrocinados pelo Celebridade."
Mãe de Cachorro: Como você consegue ser independente e trabalhar em parceria com ONGs?
Luli: "Gosto de liberdade e gosto de não pedir nada pra ninguém também. Por isso, não quis abrir uma associação e resolvi fazer um produto que as pessoas comprassem e eu entregasse. Conheci algumas ONGs aqui em SP, mas não tive ‘aquele’ link com ninguém. Admirava e respeitava o trabalho, mas não tinha o impulso de dar as mãos para trabalhar juntos. Até que conheci o Lito e a Angel e a empatia foi imediata. ‘Do nada’ adquirimos uma relação de confiança e ninguém falhou com nada em momento algum. Então posso dizer que foi por sorte, Deus me direcionou até eles para eu poder fazer meu trabalho de ajuda aos animais sob a orientação de gente muito mais experiente do que eu."
Mãe de Cachorro: Por que utilizar a verba arrecada com o calendário em mutirões de castração?
Luli: "Como me ensinou o Lito da Natureza em Forma, a castração é um benefício direto e vitalício para o animal. A castração é a principal necessidade para promover o equilíbrio social para a população de humanos e animais e o primeiro benefício que um animal fora da vida selvagem precisa receber. Infelizmente o CCZ de São Paulo limita o número de castrações gratuitas a 10 animais por CPF (isso é para evitar colecionadores de animais, mas eu discordo da regra porque a necessidade da castração é para todos os animais), e quem está ajudando enfrenta dificuldades. Além disso, há veterinários que, na minha opinião, deveriam perder o CRMV, porque recomendam a injeção anticoncepcional, porque recomendam que cadelas/gatas tenham cria e porque falam que a proteção animal quer a castração só por conta da questão do controle populacional. Só que quando falamos em castração, falamos em saúde física do animal, que não vai morrer de câncer (e o tutor não vai gastar fortunas com tratamento e cirurgia) etc. e de equilíbrio emocional. É simples: o que é melhor, viver estressado, ou viver em paz? Tenha dó, né? Castração não é assunto polêmico, é um consenso entre os amantes dos animais. E tem gente que usa o status de médico pra deixar os clientes inseguros em relação à castração? Não dá!"
Mãe de Cachorro: Conte algo sobre as estrelas deste ano, alguma história engraçada das sessões de fotografia!
Luli: "Ah, as historinhas são muito legais, mas tem uma, da Filomena (que está na capa do calendário, aliás), que é especial. Os pais dela inventaram uma raça pra ela deixar de sofrer preconceito por ser SRD! A raça é Tsascobernauss e eles inventaram história da criação, brasão da família criadora, chegaram a fazer um site (já tiraram do ar), e várias pessoas comentavam que a raça era excelente, chique, hahahaha, foi muito bom! Humanos são bobinhos e eles brincaram muito com isso."
Mãe de Cachorro: Com os recursos financeiros de 2010 você castrou 400 animais. Quais suas expectativas para o ano de 2011?
Luli: "É difícil falar em metas, mas claro que temos uma expectativa, que é a castrar de 600 animais em 2011. É ousado, mas queremos muito, e acredito que será possível (morro de ansiedade ao pensar nisso)."
Mãe de Cachorro: Como as pessoas podem adquirir o Celebridade Vira-Latas de 2011?
Luli: "Via internet, no site www.celebridadeviralata.com.br, com envio para todo Brasil; nos eventos do Natureza em Forma (atualmente no Matilha Cultural e no Santana Parque Shopping, com o ‘Projeto Leva Eu’) e na Wallaby Surf Café no Brooklin. Também estou estudando como ampliar parcerias com outros pontos de venda. Vou atualizar sempre a seção ‘como comprar’ no site."
Mãe de Cachorro: Algum recadinho para os leitores do Mãe de Cachorro?
Luli: "Que estão de parabéns em frequentar o blog para se informar sobre o universo dos peludos. Desde que comecei com esse trabalho percebi que muita gente legal e que ama mesmo seu animal ainda erra demais nos cuidados com ele por falta de informação (a questão da castração é um excelente exemplo)."

Escolhi algumas das fotos que a Luli me mandou para mostrar a vocês, mas ela também já disponibilizou todas lá na página do Celebridade Vira-Lata no Facebook. Para comprar o calendário clique aqui. A versão para mesa custa R$23,00 + frete e a de parede custa R$21,00 + frete.


Fonte:
http://www.maedecachorro.com.br/2010/10/calendario-celebridade-vira-lata-2011.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+MaeDeCachorro+(M%C3%A3e+de+Cachorro+Tamb%C3%A9m+%C3%A9+M%C3%A3e!)

Sem categoria