ANIMAIS TAMBÉM REENCARNAM

ca-31 

O médium e escritor Eurípedes Kühl – Autor dos livros Animais, Nossos Irmãos (Petit Editora) E Animais, Amor e Respeito (LEB Editora) – Fala sobre o aspecto espiritual de nosso relacionamento com os animais e a possibilidade dos animais domésticos reencarnarem na mesma família.

Por Eurípedes Kühl

Hoje, quase todo mundo tem em casa um animal de estimação; dos mais tradicionais cachorros e gatos, até os mais exóticos, eles geralmente não são mais considerados apenas bichos sem alma, sem personalidade, mas praticamente fazem parte da família e, como tais, merecem toda a atenção e cuidado, inclusive no que diz respeito ao aspecto espiritual.

Após a edição do meu livro Animais, Nossos Irmãos, da Petit Editora, recebemos um número surpreendente de cartas de leitores, contendo perguntas instigantes, como:

– Se os animais não tem consciência, por que sofrem?;
– Animais podem reencarnar nos mesmo lares nos quais eram amados ao morrer?;
– Deve-se castrar animais para evitar a prole?.

Para responder adequadamente a essas questões, preciso falar sobre a dor nas plantas e nos animais. Em sua obra Depois da Morte (Ed. FEB, 1944), Léon Denis escreve: A dor é uma advertência necessária, um estimulante à vontade do homem, pois nos obriga a nos concentrar para refletir, e força-nos a domar as paixões . A dor é o caminho do aperfeiçoamento. Física ou moral, é um meio poderoso de desenvolvimento e de progresso. É purificação suprema, é a escola em que se aprendem a paciência, a resignação e todos os deveres austeros. É a fornalha onde se funde o egoísmo em que se dissolve o orgulho.

Em A Gênese, de Allan Kardec, no capítulo XVIII, nº 8, encontramos que plantas e animais são atingidos por enfermidades. Considerando que as plantas têm sensibilidade, podemos inferir que tal lhes causa sofrimento. Não temos condições de afirmar que “sentem dor”; apenas podemos constatar que:

– Uma árvore cortada perde seiva e morre;
– Galhos queimados definham rapidamente; antes, à simples aproximação do fogo, se retraem;
– Muitas são as pragas que atacam culturas, além de parasitas que lhes causam danos.

No caso dos animais, não há a menor dúvida que sentem dor tanto quanto nós. Mas aí , não poucas pessoas ponderam: “Se o homem resgata débitos contraídos por ações equivocadas, afastam das leis morais, como justificar que os animais e plantas também sofram? Que culpa lhes pode ser atribuída, se não têm, como nós, inteligência, livre arbítrio e consciência?”

Realmente, eis aqui um aparente contra – senso da natureza. Mas, na verdade, nada há de errado nisso.

Quanto aos homens não resta dúvida de que – para que cada ser galgue os degraus do progresso através de responsabilidade e esforço próprios – a Justiça Divina lhes proporciona o mecanismo das reencarnações, e engendrou o corpo físico suscetível a doenças e dor. Inicialmente, posicionou-se em mundos primitivos e dali os transfere para mundos apropriados ao progresso individual de cada um.

Doenças são próprias do patamar evolutivo dos planetas atrasados, como a Terra. Ajudam o homem a desenvolver a inteligência, para debelá-las. A dor funciona como poderoso alerta de que algo não vai bem, espiritual ou fisicamente falando.

Além do mais, a Lei de Causa e Efeito baliza o equilíbrio da Justiça, fazendo retornar à origem, o bem ou o mal. No caso do mal, ainda pela bondade suprema de Deus, o devedor pode ressarcir seu débito através de ações de auxílio ao próximo. Nesse caso, mesmo visitado por sofrimentos, estes já não lhe pesam tanto, eis que a esperança e a fé na justiça do Pai são poderosos anestésicos, além de potentes energéticos para suplantar dificuldades.

Muito bem. E a dor nos animais? Não tendo inteligência, livre-arbítrio ou consciência, suas ações, necessariamente instintivas, apenas visam à sobrevivência. E, sendo assim, como lhes imputar culpa e o respectivo resgate?

Partindo da premissa de que Deus é a Perfeição Suprema e o Amor Absoluto, em nenhuma hipótese poderíamos aventar a menor possibilidade de que isso consista injustiça ou equívoco da natureza. O enfoque tem de ser outro. Aqui, em cena a condição esclarecedora do Espiritismo.

Vamos nos demorar mais um pouco nas reflexões sobre a dor, de modo geral:

a) – Em A Gênese, capítulo III, Allan Kardec filosofa com grande profundidade sobre o bem e o mal, analisando detalhadamente sobre instinto e inteligência, e particularmente sobre a “destruição dos seres vivos uns pelos outros”. No item 21, esclarece que “a verdadeira vida, tanto do animal como do homem , não está no invólucro corporal, do mesmo modo que não está no vestuário. Está no princípio inteligente que preexiste e sobrevive ao corpo”. Aqui, já temos conteúdo suficiente para refletir que danos físicos que destruam a matéria, isto é, dos quais resulte a morte, não destroem o espírito (naturalmente, revestido do perispírito, que os animais também os têm, embora de matéria mais rudimentar que a humana).

Kardec prossegue, agora no item 24: “Nos seres inferiores da criação, naqueles a quem ainda falta o senso moral, nos quais a inteligência ainda não substitui o instinto, a luta é pela satisfação da imperiosa necessidade – a alimentação; lutam unicamente para viver; é nesse primeiro período que a alma se elabora e ensaia para vida”.

b) – O Espírito Emmanuel nos esclarece, de forma a não deixar quaisquer dúvidas, que a dor representa aprendizado constante da trilha evolutiva de cada ser vivo, rumo à evolução; essa informação é textual, cristalina e não deixa margem a derivações filosóficas. Ei-la:

“Ninguém sofre, de um modo, tão somente para resgatar o preço de alguma coisa. Sofre-se também, angariando os recursos preciosos para obtê-la”.

“Assim é que o animal atravessa longas eras de prova a fim de domesticar-se, tanto quanto o homem atravessa outras tantas longas eras para instruir-se”.

“Espiritismo algum obtém elevação ou cultura por osmose, mas sim através de trabalho paciente e intransferível”.

“O animal igualmente para atingir a auréola da razão deve conhecer benemérita e comprida fieira de experiências que terminarão por integrá-lo na posse definitiva do raciocínio”.

“Dor física no animal é passaporte para mais amplos recursos nos domínios da evolução”.

( O Reformador, junho, 1987. FEB).

Assim, mesmo que para muitos de nós tal seja penoso aceitar, prudente será refletir muito sobre o tema e sobre o quanto a ignoramos das coisas de Deus; alenta-nos considerar, com veemência, que o Pai jamais abandona qualquer dos Seus filhos. Com essa certeza, fica afastada, ab initio, que a crueldade que vitima animais seja indiferente à Vida e ao Amor de Deus, presente no infinitamente perfeito Plano de Criação.

c) – Juvanir Borges de Souza, em Tempo de Renovação, capítulo 20, página 164 (Ed. FEB, 1989), arremata: “Para bem compreendermos o papel da dor será necessário situá-la como a grande educadora dos seres vivos, com funções diferentes no vegetal, no animal e no homem, mas sempre como impulsionadora do processo evolutivo, uma das alavancas do progresso do princípio espiritual” (grifamos).

DIANTE DAS ASSERTIVAS ACIMA, REFLETIMOS:

– animais sofrem para que registrem em sua memória espiritual, eterna, que a dor dói, é ruim; assim, ao evoluírem, alcançando a inteligência, já trarão na bagagem cognitiva que a dor deve ser evitada – a própria, por autopreservação, e a do próximo, por ser esse um dos conselhos de Jesus para a evolução espiritual;

– nada nos impede de considerar que a dor, nos animais, completado e aprendizado, não mais se repetirá, sendo muito provável que, ao desencarnarem, sejam quais forem as condições, o sofrimento é interrompido no ato da desencarnação e sob patrocínio caridoso dos Missionários do Amor Eterno;

– aliás, não cremos que seja necessária mais de uma experiência dolorosa para fixação do aprendizado; como existem milhares de espécies e milhões de moradas no universo, há grande probabilidade de que os animais percorram muito desses mundos, em corpos adequados, acumulando experiências;

– com a restauração perispirítica é uma realidade do Plano Maior, nada nos impede também de imaginar que os perispírito dos animais, se danificados, ali serão recompostos por Geneticistas Siderais, os mesmos que promovem as modificações tendentes à escala evolutiva da espécie (vide A Caminho da Luz, capítulo, A Grande Transição);

– se os animais forem “anestesiados” por Espíritos Protetores na hora do abate, para evitar a dor, ali não ocorreria fixação do aprendizado evolutivo; contudo, nada nos abjeta raciocinar que em muitos, muitos casos mesmo, isso ocorra, porém em outras circunstâncias; por exemplo, quando a crueldade humana esteja presente, infligindo sofrimento a animais cujo programa reencarnatório não o previa;

– aos espíritos que amam os animais provavelmente é delegada a função de orientar as espécies animais quando no plano espiritual e de os proteger, quando no material; neste, fazem-no com abnegação e amor, criando habitats e mantendo os ecossistemas; assistindo-os nos momentos difíceis pelos quais passam. Consideramos por exemplo, que quando um predador de grande potencial ofensivo (nunca se esquecer que foram os Promotores da Vida que disso o equiparam) ataca uma presa indefesa (também de organismo engendrado pelos Guardiões da Vida Eterna), Deus está presente num e noutro animal; pela Lei do Progresso, certamente, no avançar do tempo, os papéis talvez sejam invertidos, após o quê ambos já terão em sua memória espiritual tal lembrança (automatismo biológico – espiritual); atingindo a razão/inteligência, só cometerão violência por decisão própria, a bordo do livre arbítrio; e, a partir do livre – arbítrio, a evolução passa a ser balizada pela Lei de Causa e Efeito – Ação e Reação.

Por ser oportuno, vejamos alguns trechos das sempre elucidativas instruções de Allan Kardec, Espírito, clareando o assunto através de mensagem contida em O Diário dos Invisíveis, psicografada por Zilda Gama ( páginas 73 a 75 da 1º edição, 1927, Editora O Pensamento):

“[…] Bem sabeis que a dor, física e moral é a lixívia que alveja a alma enodoada do ser consciente e responsável por seus atos; é a lâmpada que a inunda de luz, tornando-a eternamente radiosa”.

“[…] Se só o homem fosse suscetível à dor e às enfermidades e os irracionais os organismos imunes ao sofrimento, insensíveis como ao aço, romper-se-ia o elo que os vincula pela matéria, que é semelhante em todos os animais”.

“[…] Os animais, quer os de constituição semelhante à do homem, quer os de organismos imperfeitos, não padecem, como os racionais, unicamente para progredir espiritualmente, pois são inconscientes e irresponsáveis, mas Deus, que tudo prevê, não os fez insensíveis à própria defesa e conservação, como meio de serem domesticados, tornando-os úteis às coletividades”.

“Um cavalo que fosse indiferente à dor seria capaz de precipitar-se, com o cavaleiro, ao primeiro abismo que se lhe deparasse, tentando livrar-se da sela e da carga importuna que lhe tolhem os movimentos, privando-o de viver às soltas pela vastidão dos prados ou à sombra das florestas. Por que recuam, temerosos, ante a ameaça de um calhau ou de uma farpa, um cão ou um touro enfurecido? Com receio do sofrimento que teriam se fossem por eles atingidos”.

“[…] Os irracionais necessitam da dor para que possam, em estado de liberdade, defender a própria liberdade, defender a própria vida, temer as sevícias, sofrear os impulsos ferozes, procurar repouso e alimento, torna-se menos perigosos ao homem, manter o instinto de conservação, que não teriam se seus corpos fossem desprovidos de sensibilidade. O homem progride mais pelos padecimentos morais que pelos físicos; nos irracionais predominam estes sobre aqueles”.

“[…] A dor é útil aos animais para que os fracos e pequenos se defendam dos fortes e cruéis, procurando esconderijos inacessíveis a seus adversários nas furnas ou nas mais altas frondes”.

REENCARNAÇÃO DE ANIMAIS

Reflitamos:

– a reencarnação, como nós espíritas sabemos, é uma das sublimes bênçãos de Deus aos seus filhos – os seres vivos, todos; tal é o ciclo da Evolução, Lei Divina, amplamente exposta por Kardec em O Livro dos Espíritos e praticamente em todos os livros da Doutrina Espírita;

– um dos postulados da reencarnação, para seres humanos, é justamente o esquecimento do passado. Esquecimento, mas jamais perda da individualidade, da personalidade, do caráter;

– os animais, após a desencarnação, segundo Kardec (questão 600 de O Livro dos Espíritos), embora mantendo também sua individualidade, são agrupados e mantidos sob cuidados de Espíritos especializados; neles, a reencarnação não se demora;

– no livro Evolução em Dois Mundos, do autor espiritual André Luiz, psicografia de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira, encontramos:

“A girencefalia (características do cérebros com circunvoluções, o que se possibilita uma maior área cortical – córtex. Exemplo: o cérebro dos primatas) e a lissencefalia (condição de cérebro sem circunvoluções, o que resulta em uma pequena área cortical), obedecem a tipificações traçadas pelos Orientadores Maiores, no extenso domínio dos vertebrados, preparando o cérebro humano com a estratificação de lentas e múltiplas experiências sobre a vasta classe dos seres vivos.

“À maneira de crianças tenras, internadas em jardim de infância para aprendizes rudimentares, animais nobres desencarnados, a se destacarem dos núcleos de evolução fisiopsíquica em que se agrupam por simbiose, acolhem a intervenção de instrutores celestes em regiões especiais, exercitando os centros nervosos” (capítulo IX, Evolução e Cérebro, páginas 67-68).

“(…) Nomearemos o cão e o macaco, o gato e o elefante, o muar e o cavalo, como elementos de vossa experiência usual mais amplamente dotados de riqueza mental, como introdução ao pensamento contínuo” (capítulo XVIII. Evolução e Destino, página 212).

– quanto aos seres mais evoluídos no reino animal, dentre os quais os cães, símios, bovinos, eqüinos, felinos (gatos, em particular), golfinhos e outros, embora não possamos afirmar com inteira convicção, é muito provável, mas muito tempo, que os criados em ambiente doméstico e que foram amados por seus donos talvez retornem ao convívio deles, num breve tempo após a desencarnação;

– o Amor é a mais sublime vertente do universo; foi por isso que o apóstolo João recitou: “Deus é Amor”! (I João, 4:8).

– Amor é a linguagem universal, entre todos os seres vivos. Fazemos essa citação para analisar que é muito provável que animais recém-desencarnados, embora não tenham condições de se manifestar, certamente recebem as boas vibrações de amor daqueles que os amaram, quando desencarnados;

– registramos, como simples suposição: em casa, temos 99% de suspeitas de que alguns dos nossos gatos(somos “gateiros de carteirinha”, embora minha esposa e meus dois filhos amemos a todos os animais)são a reencarnação de alguns que, conquanto tenham feito a Grande Viagem, deixando profundas marcas de saudade em nossos corações, são sim os mesmos. Pois só quem convive com gatos há 26 anos, como nós, por exemplo, pode perfeitamente avaliar os costumes dos felinos, cada qual tendo seu canto próprio, suas manias, sua linguagem, sua forma de demostrar gratidão, medo, carinho, fome etc.

Em casa, tivemos gatos que conviveram conosco por 14, 15 e até 16 anos. Atualmente (2005), só gatos “jovens” – “Baixinha” com 14 anos, a “Ventania”, com 8, e o “Dominó”, com 6.

Ora, quando um gato, dentre tantos, repete os mesmos gestos e apresenta os mesmos costumes, permitimo-nos conjeturar que pode ser a reencarnação de um daqueles que já havia morado conosco e que procedia exatamente assim.

– assim, dentro do quadro de animais domésticos desencarnados que foram amados por seus donos, sabendo que por pouco tempo permanecem no plano espiritual, embora não possamos afirmar com inteira convicção, é muito provável, mas muito mesmo, que retornem àquele convívio terreno, num breve tempo após a desencarnação. Não sendo improvável, da mesma forma, que se nossa desencarnação for próxima, à deles, talvez possamos encontrá-los no plano espiritual, considerado nosso patamar evolutivo e principalmente nosso merecimento.

– É uma esperança!

CASTRAÇÃO DE ANIMAIS

A resposta está em O Livro dos Espíritos, questão 693, com trechos que reproduzimos:
“693. São contrários à lei da Natureza as leis e os costumes humanos que têm por fim ou por efeito criar obstáculos à reprodução?”

“R: Tudo o que embaraça a Natureza em sua marcha é contrário à lei geral.”

“a) Entretanto, há espécies de seres vivos, animais e plantas, cuja reprodução indefinida seria nociva a outras espécies e das quais o próprio homem acabaria por ser vítima. Pratica ele ato repreensível, impedindo essa reprodução?”

“R: Deus concedeu ao homem, sobre todos os seres vivos, um poder de que ele deve usar, sem abusar. Pode, pois, regular a reprodução, de acordo com sua necessidades[..]”.

De nossa parte, consideramos a castração “mil” vezes preferível ao cruel do abandono, ou, mais grave ainda (se possível for), o abate das crias, dos filhotes.

Fonte: Revista Espiritismo e Ciência Nº38
Mithos Editora

Anúncios
Sem categoria

66 comentários sobre “ANIMAIS TAMBÉM REENCARNAM

  1. Oi, tudo bem!?
    Estamos divulgando aqui a campanha “Tratamento de amigo”!!
    Essa campanha visa alertar vocês que tem animaiszinhos a
    respeito de doenças, além de oferecer um portal onde você
    pode trocar informações, fotos, videos e tudo relacionado
    ao seu animal!!

    Afinal, ele merece um verdadeiro tratamento de amigo!!

    Nos ajudem a divulgar! Pois é muito importante essa informação!!!

    Confira nosso site e acompanhe nossas mídias sociais!!

    http://www.tratamentodeamigo.com.br/?mod=home

    Abraços!!!!!

  2. Fiquei muito feliz e aliviada ao saber que tenho a chance ,se Deus assim quiser , de poder encontrar meu ” filho” canino Eros theodoro ( pit bull). Era um cão maravilhoso de extrema doçura. Adotou uma gata chamada x (xis) como sendo sua filha. Ela foi encontrada dia 03/09/09 na rua com aprox. 2 meses. Foi amor a primeira vista. Infelizmente meu filho voltou para casa dia 01/10/10. E ela ficou sendo o pedacinho dele pra me tranquilizar. Peço sempre a deus esse presente. De ainda voltar a tê-ló ao meu lado. Muito obrigada pela matéria e pela atenção. Aproveito para perguntar se um cão pode reencarnar em um gato e vice versa.

  3. Meu Deus, não vejo a hora de receber de volta o meu Brutus (um vira latinha) muito doce, tão pequenininho e já tão sofrido que eu tirei da rua. Pena que ele tenha cruzado meu caminho tarde demais. Ele tinha muitos, muitos, muitos carrapatos, sarna, verme. E tudo isso junto o levou a ter uma doença auto imune. Meu garotinho lutou por tres meses, ele lutou o quanto pode e hoje (14/10/2011) ele partiu. Espero ser digna de recebe-lo novamente aqui em casa, sem demora. Porque a dor da partida dele esta sendo muito grande. Machuca chegar em casa e não ver meu garotinho correr prá mim pedindo colo

  4. minha nina partiu dia 20 de agosto de 2012,estava apenas com dois anos e meio penso muito nela e creio sim que se for de nosso merecimento e da vontade de deus que teremos sim ela de volta para que possamos continuar amando ela,e que nos conforta e saber e acreditar que por termos nos amado de um jeito forte voltaremos a nos encontrar,creio que vira novamente alegrar nosso lar e junto disso ser amada e poder evoluir a tb nos ajudar para que o mesmo aconteça.

  5. Oi Paulo,
    No dia 18/01/2012 meu Branquelo morreu, foi atropelado e com muita dor no coração tivemos que mandar sacrificar. Ele era lindo, branco e de olho azul, peralta por demais.. uma alegria q só..
    Completaria 2 anos em 01/04.Foi uma perda muito triste.A saudade é enorme.
    Segunda feira dia 03/09/2012 apareceu em minha casa um gatinho de mais ou menos 4 meses. Mestiço siames como meu Branquelo, e de olho azul. Ele simplesmente chegou e entrou em casa, como se já conhecesse tudo, não estranhou e não fugiu de ninguém, pelo contrário, já foi deitando no nosso colo e o mais surpreendente, sabia exatamente onde estava o potinho de ração, que fica dentro da minha casa, na cozinha.
    Passamos observar o comportamento dele, e vários deles são iguais (mas iguais mesmo) ao meu Branquelo.
    Essa noite ele dormiu do lado da minha cama como o Branquelo fazia.
    Hoje entrei na net para procurar algumas respostas sobre isso e encontrei essa matéria. Antiga,mas me respondeu algumas dúvidas.
    Tenho outro 3 gatos e um deles acredito tmb ser um outro gatinho que se foi.
    Hoje dia 04/09/2012, tenho total certeza que eles voltam,pois, quando o amor é muito grande, eles sentem.

  6. oi amigos.a dois dias,no dia 04-09-2012,a minha cadelinha de 3 anos precisou ser sacrificada apos 11 dias de agonizantes sofrimentos por nao responder positivamene ao tratamento contra cinomose.nesses 11 dias ela ficou cega e teraplegica e chorava muito,so se acalmando em meus braços.tive enao que abandonar meu trabalho para ficar com ela.eu e meu esposo a amamos muito.cuidamos dela como nossa filha e a eutanasia foi feita com ela nos meus braços enquanto eu lhe dizia palavras de amor em seu ouvido e meu esposo acariciava sua cabeça,,,e ela se foi.
    temos tambem aqui outra cadelinha que esta prenha e eu queria saber se ela poderia re-encarnar assim tao rapido e voltar para mim ja que a sua ida foi tao brutal e nos deixou tanta dor e saudade.

  7. No último dia 02 de setembro, perdi meu amigão LINO, ele iria fazer 11 anos no dia 04 de setembro, no entanto evoluiu um tumor na 3ª vertebra cervical, e isto lhe tirou os movimentos. Após tirar radiografias, e consulta a 4 veterinários, a opinião foi a mesma, que dali para frenre só iria piorar e ele estaria sofrendo com muita dor, então com o coração sangrando pedi que o sacrificassem, não se fiz o certo, mas não podia ver meu amigo ali deitado, sem poder se levantar, correr e brincar como sempre fez. Eu o amo muito e gostaria de tê-lo novamente na minha vida, na minha família!!! Obrigado a todos que lerem esta mensagem. donizettivaz@yahoo.com.br

  8. Olá pessoal! No dia 24/10/2012 tivemos uma perda muito dolorosa aqui em nossa casa com a partida do nosso filho pinscher NEW CAGE, minha esposa Suzana e eu sempre tivemos muita pena dos animais que encontramos pelas ruas, já recolhemos um total de 11 cães, todos em péssimo estado de saúde, o NEW foi o menos problemático, sofria apenas de sarna e ficou curado rápido após um tratamento com sabonete específico, um dia antes recolhemos um vira-latas robusto com vários problemas de saúde que levou seis meses de tratamento, durante esse período os dois se comportavam como irmãos, nunca haviam brigado, mas alguma coisa aconteceu e o robusto ( PHILL COLLINS ) atacou o NEW que nunca mais esqueceu a agressão, mantivemos os dois então separados, um certo dia o NEW se soltou, ficou junto com o PHILL e nada aconteceu, pensei eu que tudo estava bem entre eles e resolvi deixá-los juntos novamente, esse foi o meu erro, repentinamente o PHILL mordeu o NEW no pescoço e eu não consegui soltá-lo de imediato. O NEW ficou um dia internado, fez várias paradas cardíacas e o coração não aguentou, sepultamos o NEW no nosso quintal e durante esses seis dias sinto a minha alma sangrar pois sei que tudo foi culpa minha, só espero ter a honra de recebê-lo reencarnado em meu lar novamente pois sempre o amarei como meu filho. Obrigado!!!

  9. perdi meu cachorro atropeledo na rua perto de casa fazia muito pouco trmpo que estava commigo ,meu deus ele ta fazendo uma falta imensa ,bom ficou so 4 meses comigo teria que desencarnar ou oi uma fatalidade , doi muito simto falta dele

  10. Em 04 de setembro,2012 meu amigo, meu filho LINO, faria 11 anos, mas nasceu um tumor na 3ª vértebra cervical e ele não levantava mais, tiramos radiografias, levamos em 4 veterinários e todos disseram que era irreversível, então no dia 02 se setembro 2012, mandei que o sacrificassem, dia 02 de novembro são 02 meses sem meu filhão, espero que um dia ele possa estar novamente comigo, a dor é muito grande, e o sentimento de que talvez não tenha feito tudo o que era possível, se assim foi só peço a DEUS que me perdoe e que meu filhão, esteja onde estiver também me perdoe. Acredito na reencarnação humana, como canina, e talvez todos os outros também reencarnem. Obrigado por vocês existirem e trazer um pouco mais de luz e esperança para todos nós, principalmente para aqueles que amam os animais, os respeitam. Donizetti

  11. Minha Thalita desencarnou dia 01/10/2012.Até hoje não me conformo,rezo todos os dias para que de alguma forma ela volte pra mim.Existe a possibilidade de ela encarnar novamente e voltar para o meu lar ?Quanto tempo isso pode levar

  12. Deise, eu acredito piamente nisso, perdi meu amigão LINO em 02/09/2012, espero um dia reencontrá-lo, adotamos o JOCA, e ele pode ser a reencarnação do SPOK, que se foi a mais de dois anos.Saúde p/vc e tds os seus, adote outro amigo, não substituirá o que se foi, mas te trará muita alegria, precisamos desta amizade, um bom e feliz 2013.

  13. desde pequena sempre gostei de cachorro alguns morreram brutalmente o Bio foi envenenado,o pooh sofreu uma doença do estomago,a catita morreu ,a cristal morreu de doença de pele,o mancha graças a Deus não morreu mais beim novinho teve q voltar para sua mae,a nina morreu afogada agora eu tenho so 2 cachorros fofo a bella e o fofo o mais incrivel é q o fofo era namorado da nina e ate hoje durmo com a roupinha dela esperando q ela volte , eu choro sempre q me lembro deles tenho 12 anos eu queria ter uma maquina do tempo e voltar e mudar tudoo ,sinto falta de todos é possivel q eles voltem para mim durante minha vida

  14. nesta madrugada as 3:00horas faz uma semana que a minha cachorrinha(minha finha ,minha vida)morreu desde novembro ela estava fasendo um tratamento muito serio ,ela era obeça tinha 6 kilo ela era uma poddo toy linda ,derrepente começou ficar trite e descobri que ela estava com diabeti figado aumentado…
    entao dia 26/12 ela ficou cega foi dificiu ver ela assim mas o importante que ela tava aparentemente bem alegre ficava comigo o tempo todo eu ficava sempre com ela nao fazia mas nada a nao ser cuidar dela.
    derrepente ela piorou na segunda feira passada fiquei com ela o tempo todo no veterinario ela tomou soro e vei pra casa na madrugada ela faleceu …
    ainda nao consigo acreditar sinto muito a falta dela ….agora estou pesquissando pra saber se ainda posso tela devolta…
    comprei outra cachorrinha por causa das crianças mas precizo da minha didi de volta…

  15. gostaria de saber se pra ter a chanse de ter a minha cachorra rencarnada tenho que arrumar outra que tenha nascido no mesmo dia que a minha morreu..

  16. Ola Angélica.
    Com certeza ela voltará. Pois com certeza foi muito amada.. tenha paciência. Não saia procurando, qndo vc menos esperar ela vai aparecer. E vc vai saber q é ela.
    Meu gatinho voltou em 9 meses. Animais reencarnam rápido, mas saiba esperar. Não fique ansiosa.
    Em breve ela estará com vc novamente e vc verá o qnto vale o amor…

  17. Eu tambem acabei de ficar sem minha princesa uma cadelinha de apenas 5 meses esperta ativa,peralta que trazia alegria para dentro de casa foi atropelada na porta de casa escapou da guia e não deu tempo para fazer nada chorei e ainda estou chorando sua morte pois sei que ela estava de passagem comigo e que podera retornar foi ontem dia 03/03/2013 seu nome era Primavera pois nasceu no dia 22 de setembro sei que neste momento ela deve estar num jardim maravilhoso e com certeza é uma das mais belas flores desse jardim pensando assim fico mais conformada e esperando se assim Deus permitir que encontre um novo amigo(a) para se juntar a nós tenho mais dois cachorros e um papagaio eles cheram o tmpo todo pela casa proucurando por ela pois os ters brincavam bastante ela não deixava eles quietos era muito engarçado ficou um ambiente triste desde seu desencarne mais quero que Deus me ajude a esperar com fé que essa alegria voltará areinar aqui novamente

  18. Gostaria muito de saber se o meu amado cachorrinho NEGO pode vir reencarnado em outra raça ou a mesma raça da última encarnação?

  19. Boa tarde Analia.
    Seu Nego pode voltar vira lata ou outras raças, mas você saberá que é ele pelas atitudes muito semelhantes.
    Tenho um gatinho que voltou depois de 9 meses que se foi. Tenho total certeza que é ele, pois, faz coisas muito parecidas com meu Branquelo que se foi.
    Cada animalzinho tem uma personalidade diferente, e são as pequenas semelhanças que farão com que você saiba que é ele.
    Assim como nós, apesar de puros, eles também evoluem e aprendem com a nova vida, mas com certeza, eles estão aqui para nos ensinar. Um bichinho é a mais pura manifestação do amor de Deus.
    Tenha fé, seu Nego vai voltar.
    Bjus
    Tallita

  20. Oi Tallita!
    Meu NEGO voltou estou tão feliz!!!!!!!!!!!!!1Ele veio numa mistura de husk com vira lata.
    Não tenho palavras somente lágrimas de felicidade,no dia a dia percebo coisas que só o meu NEGO fazia.
    Bjus
    Anália.

  21. Oi Analia!
    Que bom. E que felicidade.. Com o passar do tempo você vai ter muitas outras provas de que é realmente ele.
    Eles só voltam quando são muito amados e sem dúvida nenhuma seu Nego foi muito amado e ele voltou para retribuir ainda mais esse amor.
    Fiquei muito feliz por você..
    Bjus.. Fica com Deus..
    Tallita

  22. Boa noite,
    Estamos numa tristeza profunda sem a nossa cachorrinha Juju, ela desencarnou dia 27/03/13 e está sendo muito difícil aceitar essa perda, acidentalmente eu (Adriana, dona dela) fui correr para tirar a roupa do varal e por causa da chuva escorreguei e acabei caindo sobre ela, ela infelizmente morreu na hora. Foi uma tragédia, meus filhos pequenos e a minha outra cachorrinha “filhote dela” estávamos juntos no momento e a cena foi horrível (só gritos e muito choro). Eu sei que eu não tive culpa, mas mesmo assim carrego esse sentimento dentro de mim sem contar na imensa tristeza que sinto no peito. Tudo que eu mais quero é que ela volte pra mim e pra minha família, ela foi muito amada e também nos deu muitas alegrias. Sei que nenhum outro animal vai substituir a ausência dela nessa casa, ela era mais do que uma cachorrinha de estimação…. ela era Luz, paz e proteção. Esse amor durou somente 5 anos… Tenho fé em Deus que tudo vai dar certo… Saudades de vc nossa pinscherzinha linda!!!

  23. gente hoje faz dois messes que perdi minha cachorrinha dini de 6 anos ela morreu doentinha gastei horrores com o tratamento dela e o dinheiro nem a medicina foi capaz de salva-la,,hoje sou eu que estou doente estou com uma depressao terrivel.sinto uma dor horrivel parece que vou morrer de saudades.pois quando eu estava assim ela nao saia do meu lado ela me ajudava me dava alegria e hoje nao a tenho mas todo dia me perguto se ela vai volta e o que devo faser pra ela volta chorro todo dia sinto como se tivesem arrancado um pedaço de mim…tenho trez filhos e ja comprei outra cachorra mas nao e a mesma coisa tambem peguei uma gatinha na rua mas nada me da alegria como a minha dini…peço a Deus que me devolva minha dini porque esta muito dificil.a dor que sinto e demais e muito forte…passo o dia todo dormindo pra poder passa rapido e eu tela de volta…..

  24. A perda de um bichinho é muito dolorida. Já passei por isso tantas vezes e todos ficaram marcados na minha vida.. Não esqueço de nenhum..
    A única coisa que nos conforta é a esperança de que um dia voltem.
    E com certeza eles voltam.
    Fiquem em paz Adriana e Angélica, em breve voltarão. Sinto muito pela perda de vocês. E vou orar por vocês.
    Bjus.. Fiquem com Deus…

  25. Ganhei um yorkshire há aproximadamente 6 meses, me identifiquei muito rapido com ele, dormia junto comigo, era meu companheiro, entao meu labrador o matou por ciúmes. Ficamos muito tristes, entao uma semana depois, fui comprar um outro yorkshire, quando cheguei lá, nao quis comprar comecei a chorar, pois nao era a mesma coisa, eu queria o meu BOB de novo. E parece que naquele momento uma voz me disse, espere um pouco mais!!! Entao eu pensei vou esperar mais uns dois meses, logo depois parece que a criadora leu meus pensametos e me disse que dali 2 meses teria nova cria de yorkshire. Então eu segui meus instintos e fui embora. Depois pesquisando na internet, num site da Marcia fernandes ela diz ” E o que acontece quando o cachorro morre? Quando um cachorro morre, reencarna na mesma família em aproximadamente 60 dias, pois não são espíritos errantes como nós”, entao logo pensei, será que quando algo me dizia para esperar um pouco mais, seria por que dali dois meses quando eu voltar lá, eu poderei comprar um york, que será o BOB de novo? Será que isso é possível?

  26. Bom, também vou falar o que aconteceu com o meu querido e amado “filho” Caio. Ele era da raça Maltês, lindo, brincalhão, adora pular em mim, era a minha alegria! Ele iria fazer 4 anos neste ano de 2013. Infelizmente, em uma manhã do dia 24/04/2013 ele se foi! Um motoqueiro passou na cabecinha dele e nem parou para ajudar! O meu pai teve a pior parte de colocar o meu bebê em um saco e levar para a nossa fazenda para enterrá-lo! Tenho uma Poodle Toy que se chama Rayka e ela estava junto com o Caio no dia! Ela viu tudo e saiu correndo para sua caminha e lá ficou triste, tremendo de medo! Como pode uma pessoa ser tão cruel meu Deus, de não parar para ajudar? Hoje, a Rayka se sente muito sozinha e eu estou dando o máximo de amor e atenção que ela merece. A dor da perda do meu Caio (floquinho de neve) apelido carinhoso que eu o chamava, não sai do meu peito! Está muito recente e não consigo esquece-lo. Sua marquinha de sangue está na porta da minha casa e sempre quando olho, começo a chorar! Não consigo parar de pensar no que aconteceu com ele! Gostaria de um conforto em meu coração! Quero muito que o meu bebê volte pra mim! Lembro do quanto ele era feliz comigo, suas lambidas de carinho!!! Quero muito ele de volta!! Está sendo muito difícil pra mim! =(

  27. Olá Jéssica!!
    Chorei ao ler, aliás todos os depoimentos me comovem. Mas ao mesmo tempo fico feliz em saber que existem pessoas boas nesse mundo cheio de maldades.
    Para mim quem ama os animais tem um valor imenso. Amo os animais demais..
    Sei o quanto isso triste. Vi meu gatinho morrendo e não podia fazer nada. Apenas chorar.
    Com meu Branquelo foi assim, um carro pegou, mas quem viu disse que o motorista fez de propósito.
    Essas pessoas não tem amor dentro de si. Quem faz isso com um bichinho, não tem amor na vida.
    Fica em paz. Quando menos esperar seu Caio vai voltar e você saberá que é ele.
    Eu pedi para Deus trazer meu Branquelo de volta, e ele trouxe. Tenho certeza. Ele é meu xodózinho…
    Tenho 3 gatos, e mais um que vem da rua, então cuido também..
    Que Deus conforte seu coração e traga o Caio de volta para continuar sentindo seu amor puro.
    Deus te abençoe..
    Bjus.. Fica com Deus..

  28. Muito obrigada Tallta! Ele vai voltar sim, com fé em Deus!
    Obrigada pelas palavras!

    Fica com Deus!
    Beijos

  29. Boa tarde.
    Neste final de samana faleceu minha linda Mônica, uma Rottiwailer com 8 anos de idade. Ainda não consigo me conformar com o acontecido. Ela morreu de sinomose muito rapidamente, fizemos todos os procedimentos mas fica um sentimento incrivel de que poderia ter feito muito mais. Minha filha Lauren esta super desconsolada tentando entender a morte ea reecarnação. Tento acreditar que ela foi para um outro nível superior aonde esta alegre correndo pelos campos por ter trazido tanta alegria a todos nós. Tenho tentado tambem não rezar pois sei que cachorro não tem pecado pois é inrrácional é mandado ou instruído a fazer coisas pelos seres humanos. Bom…..que Deus a guarde com muito amor e tambem agradeço por todas as alegrias que ela nos fez sentir. Adeus Mônica.

  30. Minha Mônica, estou sentindo muito sua falta, é um vazio dentro do peito que jamais será preenchido. Acredito, que você esta num lugar muito melhor e desfrutando de muitas coisas boas. Sou muito grata a Deus, por ter enviado ela no momento em que mais precisei, ela me ajudou muito a superar todas as dificuldades que ao longo desses oito anos apareceram em nossas vidas. Ela veio com uma grande missão, e assim, concluio com muito brilho da melhor forma possível, sempre disposta, amiga e companheira. Sempre atenta em tudo o que acontecia com seus donos, seus olhos demonstravam todo esse amor. Hoje, posso sorrir e dizer alegremente que eu tive um “anjo” ao meu lado, e que nao importa o que aconteça ela estará sempre presente em meu coração, num lugar que será só dela. Muito obrigada, MONCÃO!
    Vacinem seus cães anualmente contra Cinomose, é uma doença horrível e quando começa a mostras sintomas pode ser tarde demais! Cuide de seus animais, eles merecem muito amor!

  31. Perdi meu anjo peludo 11 maio,coloquei seu corpo no jardim,pois como as flores ele era so amor e pureza.Vivi com ele 12 anos que nem vi passar,ele era a luz dos meus olhos,a melhor parte de mim.Cinza,de olhos castanhos,grandes.Volta,volta para meus bracos,para que eu te ame de perto,feliz,+ 1 vez.Que dessa vez seje para sempre,por todas as vidas que vierem…

  32. Que bom que aqui todos pensam como eu e esperam um dia reencontrar os seus amigos!
    Perdi meu Toquinho dia 05/03/2013, o monstro da minha vizinha jogou chumbinho no meu quintal e o meu amiguinho amanheceu morto.Por ironia, essa foi a primeira noite que ele ficou livre durante a noite porque estava calor, sempre durante a noite a casinha dele era virada para a parede e a gente só deixava uma brecha pra ele respirar.
    Me dói muito,muito mesmo… todos os dias penso nele e tudo o que faço me lembra ele. Às vezes encontro algum pelo dele nas minhas roupas, então guardo dentro da minha roupa, junto ao coração.
    Eu fui muito amada por ele e também o amei sem restrições e fiz por ele tudo o que pude, sei que ele foi muito feliz ao meu lado. Acredito também que ele pensava que eu era a mãezinha verdadeira dele, porque éramos quase da mesma cor. Quero muito reencontrá-lo ainda nessa vida…

  33. O meu pinscher Toquinho foi comprado, será que será mais fácil eu reencontrá-lo se eu procurar outro filhotinho dos mesmos pais caninos do meu Toquinho?

  34. queria aqui compartilhar minhas tristeza de ter perdido meu cachorro a anos ja, mas sinto falta dele ate hoje,minha amiga perdeu a dela dia 20 de junho esta desolada pode ser que esses depoimento sirva pra alivia a dor dela obrigada a todos.

  35. Sinto muita falta do meu amiguinho canino, que partiu a 4 meses. Quero muito poder reencontrá-lo; li que os cachorros demoram cerca de 3 meses para reencarnar novamente, mas apesar da vontade, por enquanto não posso ter outro cãozinho, porque foi minha vizinha que deu chumbinho para ele, e quem matou um também pode matar o outro. Estou de mudança, estou só esperando para ver se tudo dá certo na venda da casa, fiquei desolada com tudo e quero sumir desse lugar. Às vezes ele vem me visitar em sonhos e mata um pouco da saudade, mas já faz algum tempo que não sonho com ele. Sinto muito sua falta, meu amorzinho, um dia vamos nos reencontrar!! Espero que em breve…

  36. Eu perdi meu bb a 10 dias, ele morreu muito jovem com apenas 4 anos com cirrose, descobrimos dias antes de ele partir, imaginei que ele viveria anos comigo, e ele esta fazendo muitaaaaa falta em casa o amor que sentimos por ele e incondicional, tenho um filhote dele em casa e a companheira dele, mais não é a mesma, sem ele minha casa esta vazia sem graça, mesmo partido tão novo e com essa doença será que ele pode voltar para nossa familia?? e quanto tempo para ele reencarnar?, me dói de saber que ele pode ir para outra familia, fico desesperada, eu ganhei ele quando estava depressiva e veio para me ajudar, ele sempre esteve comigo e dormia na minha cama, por favor tire minhas duvidas pois parece que vou ficar loucaaaaaaaaaaaa sem meu Dodo

  37. Minha Bebezinha me deixou dia 20 deste mês, a dor que sinto é tão insuportável que não tenho como expressar. Sei que não sou a única que está sofrendo pela perda de um peludinho. Minha menina ficou comigo por quase quatro aninhos, eu a adotei através de um site, um abrigo de animais abandonados. Na verdade neste ano de 2013 perdi meu Murilinho, meu Floquinho, minha Fiona, sofri horrores por eles e ainda espero que voltem para mim, mas minha Bebezinha por ter vindo pra mim com sequela de cinomose( o corpinho dela pulava involuntariamente), eu dediquei muito amor e cuidados com ela, por conta disso nesses anos toda minha atenção foi voltada pra ela, meu anjinho, minha filhinha…ela dormia comigo, ela me amou como ninguém jamais me amou, sinto isso sabe? Estou desesperada de dor…fiz o que pude mas não deu tempo de salvar minha vidinha preciosa….espero que ela volte pra mim e tenha algum sinal pra que eu possa reconhece-la, não quero que ela tenha novamente a sequela que a fazia sofrer muito, eu a estava tratando até com acupuntura, mas ainda sem resultados, ao final ela se foi por causa de uma peritonite, ela não resistiu…e eu também não estou resistindo, choro feito louca, acho que estou ficando insana, não quero mais nada além da minha Bebezinha de volta. Tenho ainda 10 peludinhos caninos e 15 peludinhos felinos, amo-os muito, mas a dor que sinto hj pela minha “curiquinha” está consumindo minha alma. Então se consolem comigo e esperem também, nossos amados voltam, peçam aos Anjos cuidadores deles para que os encaminhem pra vcs de volta, eu farei isso todos os dias até que eu a tenha nos braços novamente.
    Célia Virgínia

  38. Oi Célia voce está certa, orai e vigiai, quando menos voce esperar seu bichinho estará de volta, e melhor ainda, num corpinho novo e saudável…. Assim como a Tallit ado segundo comentário aconteceu o mesmo comigo, minha gatinha morreu tragicamente em fevereiro, sofri demais, chorei horrores, tinha perdido a fé, mas estava decidida a não procurar outra gatinha pra substitui-la… Até que em setembro, mês do meu aniversário, surgiu aquele lindo gatinho de rua a uma quadra de casa, totalmente dócil veio correndo prao meu colo, se sentiu em casa desde o primeiro dia, sempre muito carinhoso e companheiro… Em muitas coisas igual a que se foi, mesma cor, mesmo carinho, mesmo ronron alto, só que agora é um gatinho macho…. Descobri que os animais reencarnam no oitavo dia após seu desenlace e não precisam aguardar uma gestação inteira pra nascer denovo… Então, pra quem perdeu seu animalzinho, não saiam procurando, mas sim orem aos amigos espirituais e peça uma nova chance com seu bichinho, deixe que no tempo certo a espiritualidade se encarregará de coloca-lo em seu caminho, e com certeza voce sentirá no seu coração que é ele que voltou, e esse reconhecimento será mútuo…com o passar do tempo você começará a perceber várias caracteristicas de comportamento iguais as dos animalzinho que partiu antes, e voce saberá que ele é um presente de Deus na sua vida. Não percam a fé, eu estava perdendo mas a espiritualidade trouxe minha menina de volta e só agora a ferida que estava em meu coração começa a se fechar….

  39. Obrigada pela ajuda, isso me acalma mesmo, vou esperar pelo retorno da minha Bebezinha, sei que a encontrarei ou “ela me encontrar”, tenho muitos ajinhos peludinhos sob minha tutla, preciso melhorar por eles tambm, aguardarei minha delicinha com mais confiana,

    Abraos,

    Clia

    Date: Thu, 10 Oct 2013 13:39:43 +0000 To: celiacheida@hotmail.com

  40. TE AMO MUITO NINA!!!!! Mamãe tá te esperando de volta prá te dar todo o amor, carinho, atenção e cuidados do mundo!

  41. Eles reencarnam sim e existem outros livros também maravilhosos sobre o assunto, leiam os livros do autor Marcel Benedetti também. E eu estou esperando minha Bebezinha, ,minha amada peludinha junto com os irmãozinhos dela que também nos deixaram (temporáriamente), o Floquinho e a Fiona. Ontem recebemos de volta nossa gatinha, que se foi a exatos 03 meses e retornou, essa alegria é imensa. Minha Bebezinha, meu pedacinho do céu, mamãe está esperando você. Desejo que todos os que “perderam” filhos peludinhos acalmem seus corações e peçam paraos guias, anjos ou amparadores deles os encaminhar de volta para casa, sempre será um novo aprendizado, além de uma benção sem medidas!

    Célia

  42. Meu sonho era ter um cachorrinho esperei anos para ganhar de meu marido meu Pantro ele era tudo para mim cuidei dele da melhor maneira possivel parecia um princpe sempre o levava para trabahar ontem ele correu para a rua o carro atropelou e a veterinria disse qu nae tinha como salva-lo, estou arrasada parece que um pedaco de mim foi embora se alguem com conhimento puder me ajudar pois nao consigo aceitar sua desencarnacao ele tinha apenas um ano e nove meses porque teve que ir embora tao novinho????

    Grata

    Viviane

    011 9 7377 7796 vivo

  43. Perdi minha menininha,minha bebezinha queridinha,,perdi minha Lola,minha cachorrinha tao querida e abencoada..fazem apenas 3 dias,e me sinto sem chao,pois em fevereiro desse ano perdi minha Pandora..minha labradora tao docil,inteligente,amorosa..Como é dificil ficar sem esses anjinhos..Mas tenho esperanca que em breve elas estarao de volta ao nosso lar,p receber td amor,carinho e dedicação que meu marido e eu temos a oferecer a elas..N vejo a hr de poder sentir td seu amor incondicional tambem..Tenho uma dúvida tão grande..Será que se reencarnarem,virão somente em forma animal??Será possivel evoluirem no plano espiritual e virem como humanos??Se alguem puder me ajudar c essa questao,desde ja agradeço muito..E que DEUS possa confortar meu coraçao e de tds vcs,que assim como eu perderam “pessoinhas” tão amadas..Minhas bebês,onde estiverem,que estejam bem e continue sentindo td meu amor..AMO VCS!!

  44. Saibam que nossos amores peludos estão em evolução assim como nós. Eles voltam sim, nem sempre direto para nós novamente, talvez passem por outras experiências com outros humanos, mas depois retornam sim para nós que os amamos tanto. Os animais que estão no estagio de “animais superiores”, que são os domésticos e ainda voltam no mesmo “estágio evolutivo” por enquanto, ou seja, uma cãozinho retornará como cãozinho, o gatinho como gatinho, até que estejam “prontos” para mudar de estágio e seguir adiante até que possam através de milenares experiências chegarem ao estágio humano. Isso mesmo, a caminhada deles é a evolução. Eles, os animais chegarão ao patamar de seres humanos e nós os humanos chegaremos ao patamar dos anjos, sempre aprendendo e evoluindo. Existem livros esclarecedores, como os do Chico Xavier, Marcel Benedetti( excelente autor sobre a espiritualidade dos animais), André Luiz e outros maravilhosos que amam os animais. Estudem e divulguem por amor a eles, pois, eles estão precisando de nosso amor e apoio aqui na terra.
    Paz e Luz!

  45. Meu melhor amigo Thor partiu no dia 22/11/2013…justamente no dia em que completou 14 anos e 7 meses. Um cachorro lindo, mestiço pastor alemão com rusk. Apesar do tamanho, era um “”bobão””, brincalhão, carinhoso, manso, um verdadeiro amigo fiel. Apesar da idade, ele era muito ativo… comilão e brincalhão. .. isso até seu último dia. Ele amanheceu morto, então apesar da minha imensa dor, hoje mais calmo só agradeço a Deus por ter realizado meu pedido a quase 15 anos atrás, quando escolhi ainda recém nascido entre os irmãos dele… que ele levasse meu cão apenas na sua velhice e que ele nunca ficasse doente… e assim aconteceu… meu amigão nunca ficou doente, teve todo amor, carinho e atenção do mundo até sua última noite. Foi um susto, uma dor enorme amanhecer e encontra-lo dormindo para sempre, sereno e lindo como sempre…
    Obrigado molecão, por cada sorriso que me arrancou, por toda bagunça que fizemos juntos durante esses 14 anos… Você é eterno Thor, te amo amigão e até um dia !!!

  46. Perdi minha labradora HA 2 meses e gostaria d saber se um cao pode reencarnar como gato Ou qq outro animal??

  47. Oi Leila, é mais provável que reencarne como cão novamente, para passar para outra etapa em sua evolução seria na condição de um animalzinho mais avançado, me parece que o gato viria antes de ser cão. Se desejar leia os livros de Marcel Benedeti, é extremamente esclarecedor e consolador também. Eles também podem voltar para nós,( ou não), mas o tempo em que isso ocorre é bem variável, porém nunca voltam antes de no mínimo passar o processo da gestação da mamãe. Depois que desencarnam só voltarão para cá cerca de dois meses e meio( mais ou menos), que seria o tempo da gestação da nova mamãe, isso no caso dos cães e dos gatos, ok. Espero ter ajudado,

    Célia

  48. Olá perdi minha pedrita a 1 ano e 4 meses, e a pouco tempo sonhei com ela vindo me visitar acompanhada de uma pessoa, no meu sonho ela queria ficar mas esta pessoa dizia vamos pedrita logo vc volta acordei chorando. eramos muito apegadas amigas e senti e sinto muito sua falta. após este sonho recebi uma cachorrinha da mesma cor,raça com o mesmo nome dela, muito parecida com ela. será que a minha pedrita voltou pra min.?

  49. Oi Rosangela,
    Coincidencias não existem, o que existe são “sincronicidades” e muito provavelmente é ela sim. Nossos animaiszinhos domésticos costumam retornar para nós porque o aprendizado deles e nosso não se interrompe com a desencarnação, então é muito natural que retornem para continuar conosco a sua evolução, até que precisem seguir outros caminhos e de alguma forma podemos até acompanhá-los em sua evolução mais tarde, caso nossos laços afetivos sejam muito fortes, ou laços de amor que não se quebram jamais. Agradeça pelo retorno dela, é uma grande benção que voltem para nós e principalmente com as mesmas caracteristicas físicas porque é mais fácil reconhecer. Sabe, hj fazem 05 meses que minha Bebezinha desencarnou…estou muito triste, mesmo sabendo de tanta coisa e estudando muito sobre a espiritualidade dos animais eu sofro muito de saudades. Tenho muitos peludinhos, pois, adoto os que vem para mim por terem sido abandonados, mas minha “Curica” é meu pequeno “sol”, ela é meu pedacinho do céu…ainda não sonhei com ela, seu sonho foi um aviso de que sua Pedrita estava voltando, tomara que eu seja agraciada com um aviso também, assim não terei duvidas de que minha Bebezinha voltou para mim. Fique feliz, além de sua Pedrita voltar parecida fisicamente, vc foi avisada pelo Amparador ou Guia espiritual dela.
    Abraços,

    Célia

  50. Oi gente, estou muito emocionada com tudo que li aqui…..obrigada por colocarem em mim a esperança de ter meu filho de volta….creio muito nisso…e peço sempre aos guias e a Deus que permita que meu filho que se foi no dia 19/03/14 venha ao meu encontro novamente pra eu poder amá-lo mais e mais como sempre fiz…..éramos muito unidos e nos amávamos muito….era uma coisa fora do comum…por vezes eu o surpreendia olhando pra mim fixamente, com um olhar de quem esta apaixonado, sabe? Até hoje não consigo entender direito esse elo….Quando ele adoeceu, no carnaval desse ano, eu tbm fiquei com os mesmos sintomas (vômito, dor de estômago e perda de peso)….e hoje, 15 dias após sua partida só penso em tê-lo de volta para alegrar a minha vida com suas artes e todo seu dengo. Estou sofrendo demais. Deus permita, por favor, que meu bebezinho gatinho volte para seu lar, para continuar a ser amado para sempre!
    Obrigada, gente…obrigada mesmo! Estou muito precisada dessas palavras.
    Abraços,
    Veridiane

  51. Bom dia Veridiane, nós que amamos nossos Anjos peludinhos sabemos o que vc está sofrendo, eu mesma ainda estou sem chão desde que minha Bebezinha desencarnou (ou “dessomou”), outro termo mais remanescente para quem deixa a matéria ou o “soma”. Minha querida me deixou dia 20 de sembro de 2013, neste mês completam 06 meses de choro e saudades. Ela é minha filhinha amada, tenho três filhos “humanos” e cerca de 30 filhos “peludinhos”, então estou sempre às voltas com um dodói que me deixa um buraco no peito. No entanto, minha Bebezinha não deixou um buraco no peito, estou “sem chão”, fora de mim, não deseja nada mais que a volta dela, o retorno dela para meus braços, por que? Por que ela é tão especial? Não me pergunto mais, ela é minha filhinha, só isso. Amo meus peludinhos e estão todos cuidados e amparados, beijados e paparicados, mas ela com certerza é alguém que vem retornando para mim por vidas e vidas…é uma “consciência”, um espirito que de algum modo tem vinculos bem antigos comigo, acredito que seja este o principal motivo de eu não conseguir assimilar a “partida” dela, mesmo sabendo que são eternos, assim como nós e que na maioria das vezes retornam para o lar que os ama e tem vinculos de amor e companherismo. Ore por seu bebezinho, para que ele fique bem onde quer que esteja, ainda é cedo para que ele retorne, espere por ele após pelo menos mais 02 meses, isso se ele retornar logo, ok. Provavelmente ele foi recebido em uma das colonias espirituais para animais, conheço duas: O Rancho Alegre e a Arca de Noé, porem são muitas, o Rancho Alegre é imenso e fica em torno de todo o Estado de MS E MT. Peça aos seus Anjos e amparadores espirituais que a ajudem a passar por esta faze tão difícil, se quizer leia os livros de Marcel Benedeti, ” Todos os animais merecem o céu” e a Espiritualidade dos animais”, estes são os mais atualizados a respeito do assunto e são espiritas, foi o que mais me ajudou e ainda tem ajudado muito. Abraços, espero ter ajudado vc e mais amigos que amam os nossos anjos de quatro patas.

    Fique bem e em paz!

    Célia Virgínia.

  52. Bom dia Veridiane, nós que amamos nossos Anjos peludinhos sabemos o que vc está sofrendo, eu mesma ainda estou sem chão desde que minha Bebezinha desencarnou (ou “dessomou”), outro termo mais remanescente para quem deixa a matéria ou o “soma”. Minha querida me deixou dia 20 de setembro de 2013, neste mês completam 06 meses de choro e saudades. Ela é minha filhinha amada, tenho três filhos “humanos” amados e já adultos, e cerca de 30 filhos “peludinhos”, então estou sempre às voltas com um dodói que me deixa um buraco no peito. No entanto, minha Bebezinha não deixou só um buraco no peito, estou “sem chão”, fora de mim, não desejo nada mais além da volta dela, o retorno dela para meus braços, por que? Por que ela é tão especial? Não me pergunto mais, ela é minha filhinha, só isso. Amo meus peludinhos e estão todos cuidados e amparados, beijados e paparicados, mas ela com certerza é alguém que vem retornando para mim por vidas e vidas…é uma “consciência”, um espirito que de algum modo tem vinculos bem antigos comigo, acredito que seja este o principal motivo de eu não conseguir assimilar a “partida” dela, mesmo sabendo que são eternos, assim como nós e que na maioria das vezes retornam para o lar que os ama e tem vinculos de amor e companherismo. Ore por seu bebezinho, para que ele fique bem onde quer que esteja, ainda é cedo para que ele retorne, espere por ele após pelo menos mais 02 meses, isso se ele retornar logo, ok. Provavelmente ele foi recebido em uma das colonias espirituais para animais, conheço duas: O Rancho Alegre e a Arca de Noé, porem são muitas, o Rancho Alegre é imenso e fica em torno de todo o Estado de MS E MT. Peça aos seus Anjos e amparadores espirituais que a ajudem a passar por esta faze tão difícil, se quizer leia os livros de Marcel Benedeti, ” Todos os animais merecem o céu” e a Espiritualidade dos animais”, estes são os mais atualizados a respeito do assunto e são espiritas, foi o que mais me ajudou e ainda tem ajudado muito. Abraços, espero ter ajudado vc e mais amigos que amam os nossos anjos de quatro patas.

    Fique bem e em paz!

    Célia Virgínia.

  53. Obrigada, Célia Virgínia…suas palavras confortaram o meu coração que sangra de tanta saudade do meu pequenininho. Vou aguardar para que ele retorne e vc tbm logo, logo terá uma surpresa com o retorno da sua bebê. Coincidência ou não…vc me falou das colônias…..Rancho Alegre também é o nome do rancho da minha sogra que eu sempre levava o meu pequeno para brincar e ele amava aquele lugar. Obrigada pelas palavras e a ajuda com seus conhecimentos.
    Fique com Deus e os anjos!
    Veridiane

  54. Não há o que agradecer Veridiane, apenas repasso o que tenho aprendido justamente porque passei por essa experiência várias vezes, sofro muito, e realmente relacionado a minha Bebezinha eu não estava nada preparada para que ela se fosse tão cedo( ficou comigo só três aninhos e meio), estou sem folego ainda, mas fortalecida pela esperança de ela retorne assim que puder, sei que eles também tem uma orientação que vem dos Amparadores deles, ou Guias, Anjos, não importa a nomenclatura, o sentido é o mesmo. Mas é comum que retornem para o lar que estavam anteriormente para continuar com o aprendizado conosco de onde pararam, e nós ficamos com a lição do aprendizado de ficar sem eles por alguma razão. Saiba que não existem “coincidencias” o que exite são “sincronicidades”, é bem certo que seu nenem esteja em Rancho Alegre, lá ele receberá e já está recebendo todo o amparo e ajuda possíveis e inimagináveis, o lugar é lindo, muito organizado e todos que estão por lá amam muito os animais, fique tranquila por ele, e peça para que te ajudem a “sonhar” com ele, quem sabe se vc pode receber noticias dele, ok.
    Fique bem,

    Célia

  55. Olá Marcela, eu não entendi sua pergunta, mas, no que diz respeito as coisas vivas, tudo o que é vivo, que tem vida, é uma energia eterna, Deus não criou nada para acabar, “sumir” simplesmente, nem os seres humanos e nem os animais ou qualquer outro ser vivo na terra, portanto, tanto para os humanos quanto para os animais há muitos “lugares” nas dimensães extrafisicas ou espirituais onde ficamos que são apropriados a todos os que deixam seus corpos aqui na terra. Como já disse Jesus-” Na casa de meu Pai há “muitas moradas”, então, uma das “moradas” nas dimensões espirituais para os animais que deixam seus corpinhos fisicos aqui, chama-se “Rancho Alegre”,leia Marcel Benedetti, é muito esclarecedor. Quanto a quantos anos um cachorro pode viver é relativo ao tamanho, bem como o tipo de vida que leva se é saudável ou não, assim como nós os “humanos”, eles tem doenças, dores, sofrimentos e tudo é igualzinho a nós, por isso não há como prever quantos anos podem viver. Não sei se é isso que deseja saber, não compreendi exatamente sua dúvida, se não respondi bem desculpe.

    Célia.

  56. Meu gato (persa/napoleon) de 13 anos morreu dia 22/04/2014, por pura negligência minha! Um mes antes, ele havia dado sinais (que descobri posteriormente à sua morte) tratar-se aparentemente de trombose… a perna traseira estava mole… achei que fosse alguma torção de ter ficado com as unhas presas ao saltar de um lugar para outro. Ele adorava ficar no jardim dormindo.. Ultimamente, qdo o via dormindo no meio das plantas, tinha um sentimento de que não era bom ele ficar lá, mas andava tão atarefado que realmente não me ative nesse pensamento. Na noite fatídica eu havia cochilado e acordei por volta das 22:00 e notei que uma jardineira estava caída. Coloquei-a no lugar e não pensei que houvesse razão diferente que meu cachorro ter derrubado acidentalmente. Mais tarde, por volta da meia-noite ouvi um estrondo e em seguida um miado lamurioso. Outra jardineira estava no chão mas desta vez eu vi o gatinho deitado. Tiramos ele e ele não mexia as pernas trazeiras. Pupilas estavam dilatadas e ele arfava com a lingua para fora. Minha esposa deu-lhe água com uma seringa, colocamos sobre uma coberta. Ainda tive pensamentos de colocar uma bolsa de água-quente para aquece-lo, mas não sei o porque não o fiz e nem sei dizer se tal surtiria algum efeito. Era tarde… moro num lugar que ainda desconheço tudo, (não diria que é um lugar seguro para sair tão tarde) e ainda mais, não me recuperei financeiramente de uma série de entreveros e não nego, que aliado ao cansaço físico, pesava sobre mim a dúvida de quanto uma consulta emergencial num feriado pudesse pesar nos meus já bem debilitados recursos. Tolamente acreditei que pudesse ser algo que passaria e que pela manhã ele estaria recuperado… mas não! Ele se foi! É incrível como nos deixamos levar pelo cansaço e atribulações do dia-a-dia e até mesmo preguiça e acabamos por perder coisas que realmente nos são tão preciosas, como se elas fossem existir para sempre!
    A dor que sinto pela perda e por me sentir responsável por não ter agido não dá prá descrever. Ele era um ser muito especial. Já tive inúmeros gatos desde criança, mas nenhum com tamanha inteligência. Era só falar com ele que ele entendia… só faltava responder em português (porque responder na ‘lingua’ dele, ele o fazia). Está muito difícil fazer as coisas no jardim… tudo me lembra ele e tenho a sensação dele estar por lá… mas provavelmente é apenas o peso da consciência.. meu inferno pessoal.
    Este é mais um desabafo e que talvez sirva de alerta para quem um dia passar por algo semelhante.
    Não nego que tenha a esperança de reencontrá-lo, mas tb não nego que o sentimento de culpa me faz pensar que talvez eu não mereça isso…

  57. Olá Carlos,

    Eu sei bem o que vc está sofrendo, no entanto, quero lhe dizer que cultive o amor que havia entre vcs e não alimente a culpa. Sei o que é culpa e sei o quanto ela pode minar nossas forças, além de não nos ajudar em nada, nos faz sentir algo inimaginável e doloroso. Esqueça a culpa, busque atender algum gatinho abandonado em homenagem ao que se foi, dê a ele e a vc este presente, não será um gatinho igual porque como sabe,eles tem suas personalidades e não são cópias, dê amor e um lar aconchegante para quem está amargando o abandono tristemente, isso o ajudará a superar a culpa e também estará fazendo uma caridade amorosa. Quanto ao seu amadinho retornar, é claro que ele pode retornar sim, assim como todos nós, sempre retornamos para continuarmos nossas lições, nossos animaizinhos também retornam, mas, a seu tempo, não fique procurando por ele, ele virá até vc,ok. E mesmo se vc tiver outro em sua casa eles haverão de se entender, afinal a compaixão pode tudo. Todos nós algum dia nos sentimos como se devêssemos fazer mais, ou diferente, ou qualquer coisa, mas as coisas são como são e também vc poderia “postergar” a ida do seu gato para o Lar de Origem, mas, se foi a hora certa para ele, de qualquer maneira ele acabaria indo, mais cedo ou mais tarde. Acrescente seu amor por ele em suas orações, ele as ouvirá. Espero ter ajudado,

    Célia

  58. Fico feliz em saber que meu amado cachorrinho salchicha, um basset , desencarnado em 14 de abril de 2014, por falencia multipla dos orgaos, e que conviveu e nos alegrou por mais de 8 anos,podera reencarnar e voltar novamente a viver conosco.

  59. ola meu nome é marina eu estou muito triste pois no dia 12.6.2014. perdi minha keyte ela foi envenenada.minha filhinha tinha 8 anos era muito educada tão carinho.espero q ela não demore para vota para min pois não sei se vou aguenta estou sofrendo muito….obrigado

  60. Oi Marina, não há o que faça essa dor passar, eu sei disso. Mas, é verdade que eles voltam para nós, quanto ao tempo que isso leva depende de cada caso e de cada necessidade do animalzinho. Minha Bebezinha desencarnou dia 20 de setembro do ano passado, amanhã completam 09 meses, ou seja, estou esperando por ela fazem sete meses, que é o tempo mínimo que eles precisam para retornar, e esse tempo pode variar, sua filhinha pode ficar mais tempo sem retornar para aprender algo lá na Colônia onde ela se encontra, ou pode precisar aprender algo com outros humanos antes de voltar para você. Mas de qualquer jeito ela volta sim, e ela está bem também, pois, ela tem os Amparadores dela, os Protetores ou Guias espirituais assim como nós, ok. Saiba que ela está viva e bem viva, só que em outra dimensão mais “rarefeita”, mais “leve” que a nossa. Eu sofro muito ainda, as saudades são muitas, e poucas pessoas entendem isso, mas eu sei que a saudade que sinto é de minha filhinha amada e é justo que eu sinta. Enquanto você espera pela sua Keyte , se encontrar algum peludinho abandonado, precisando de um lar, de ajuda, de proteção e amor, adote esse ser, assim enquanto espera por sua menina, seu coração abre espaço para amar mais e os Protetores também agradecem o seu gesto de solidariedade. Não é substituir, isso é impossível, eu sei e tenho muitos queridos sob meus cuidados e nenhum é minha Bebezinha, mas conforta e nos ajuda a esperar, ajuda a suportar a dor e as saudades que tem dias que é muito, muito forte e dolorida, mas também somente faça isso se sentir de coração que pode receber outros anjos peludos em sua vida, além da sua Keyte, ok. Leia os livros de Marcel Benedete, são 07 se não me engano e são os mais verdadeiros livros que já li sobre a espiritualidade dos animais, me ajudou muito, acho que sem ler esses livros eu realmente estaria em profunda depressão e também poderia não aguentar. Procure ficar bem, faça orações para ela e por todos os anjinhos peludinhos do nosso planeta que sofrem o abandono e a dor. Peça aos seus protetores para que te ajudem a sonhar com sua menina para acalmar seu coração. Deus ajude vc a superar esse momento tão difícil,

    Célia Virgínia

  61. Hoje 29 de julho de 2014 acabo de perder uma grande
    amiga minha pincher de 16 anos amiga’companheira e presente em todas as horas alegres de minha familia ja estava cega com dificuldades de locomocao mas sentimos muito a sua partida e como tivessemos perdido um familiar essa dor nao tinha sentido ainda ,quando falavam nao acreditava .Agora so espero que ela encontre a sua evolucao e que reencarne numa familia que a mereca pois ela e tudo de bom.Meg descance em paz voce sera sempre lembrado por nos.

Os comentários estão desativados.