POEMA DO AMIGO

amigo
 

 
Vejam e eu mostrarei que o meu caminho te leva ao Pai;
guiarei os passos teus e junto de ti hei de seguir.
 
Sim, eu irei e saberei como chegar ao fim, de onde vim,
aonde vou; por onde irás, irei também.
 
Vem, e eu te direi o que ainda estás a procurar.
A verdade é como o sol e invadirá teu coração.
 
Sim, eu irei e aprenderei minha razão de ser.
Eu creio em ti que crês em mim e à tua luz verei a luz.
 
Vem e te farei da minha vida participar.
Viverás em mim aqui; viver em mim é o bem maior.
 
Sim, eu irei e viverei a vida inteira assim.
Eternidade é na verdade o amor vivendo sempre em nós.
 
Vem, que a terra espera quem possa e queira realizar
com amor a construção de um mundo novo muito melhor.
 
Sim, eu irei e louvarei teu nome aos meus irmãos.
Iremos nós e o teu amor vai construir enfim a paz.
 
Liturgia das Horas.

Anúncios

Um comentário sobre “POEMA DO AMIGO

  1. Saudações aos nossos amigos.

    Prezados como forma de sermos solidários e ajudar nas mais diversas campanhas de conscientização desenvolvidas pela Vida de Cachorro, oferecemos espaço e muita boa vontade para publicar matérias, campanhas em prol de nossos amigos caninos.

    Abraços,

    Hudson,

Os comentários estão desativados.